domingo, abril 03, 2016

Masoquismo

Sou o que quiseres... Mas quando eu quiser.

14 comentários:

  1. Boa tarde. Pois se calhar é isso mesmo... Masoquismo

    Se calhar todos nós temos e/ou sofremos um pouco disso

    Nota: Noutro contexto: Eu, em vez de ir passear, correr pela beira mar, ver cinema, beber um café e comer um pastel de nata, enfim tantas coisas... estou aqui agarrado ao vicio da net. Então isto não é puro masoquismo? )

    Fique feliz.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Nuno, fazes o que te dá na real gana e falares comigo não é "fucling with me" passo a expressão... tu entendes. diga-se que está um dia mau para esplanadas :)))

      Eliminar
  2. Não é esse o fundamento final...deixar-mo-nos levar, nem que mais louco pareça :-)
    One if for Poison

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não me meto com pessoas que mostram não ter limites em determinadas coisas...
      one kiss for Madagascar

      Eliminar
    2. loucura não é insanidade...mas fazes bem, tendo em conta essas "determinadas coisas..."
      Always crazy Madagascar ;-)

      Eliminar
    3. Eu não tenho limites em algumas coisas... eu não me metia comigo...

      Eliminar
    4. acredito...pois eu quando me meto comigo saiu sempre arranhado qb

      Eliminar
    5. Arranhado? Onde? ihihih

      Eliminar
  3. Por que continuo???
    "Por que odeio as almas estreitas, sem bálsamo e sem veneno, feitas sem nada de bondade e sem nada de maldade. "
    Continuo fodendo contigo, pois és mais que uma foda... és um porto seguro.
    És um..... farol...que ilumina a noite dos navios que se perdem na imensidão dos mares da vida...
    Beijos amiga... belo e instigante post!!!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Homem de Deus pá! Transformas tudo num elogio, és o pacificador desta blogosfera. Obrigada pelo elogio, mil beijos

      Eliminar
  4. Pink, bem sei que este comentário nada tem a ver com o post, por isso é livre de o publicar ou não, mas queria agradecer as tuas simpáticas palavras. Conheces-me como poucos e o teu comentário sensibilizou-me!

    Um beijinho e obrigado! Obrigado mesmo!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sabes que só digo o que sinto, vai fazer o que realmente tens para fazer que o blog não foge. Força! Gosto-te.

      Eliminar
  5. Há sempre quem não tenha nada para fazer nas suas inúteis vidas,logo o seu auge diário é "fucking" os outros...parece que é isso que os leva ao orgasmo.....fetiches ou obsessões ;)

    Beijos amiga e bom início de semana

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Como diz o blog amigo http://estupidoaluga-se.blogs.sapo.pt/aquele-momento-em-que-postamos-algo-475672, quem é odiado é uma elite. Ah ah ah

      Eliminar

Odeio as almas estreitas, sem bálsamo e sem veneno, feitas sem nada de bondade e sem nada de maldade. Nietzsche
Debita aqui algum bálsamo.