quarta-feira, abril 13, 2016

Boa noite e relaxem

só eu te vou ver a rir à chuva , seja qual for a cor




Sou o que quiseres... Mas quando eu quiser.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Odeio as almas estreitas, sem bálsamo e sem veneno, feitas sem nada de bondade e sem nada de maldade. Nietzsche
Debita aqui algum bálsamo.