Absorve-me mas em várias fracções

quarta-feira, 18 de setembro de 2019

Get over it



Pink Poison(ver ©COPYRIGHT)

Hoje é o dia do primeiro Amor, segundo a RFM

O meu primeiro amor à séria, deve-me até hoje €900



 

Banal? Jamais



Existe a ansiedade da entrada, a ansiedade da saída. 
Isto impede as pessoas de aproveitarem o que está entre um momento e o outro. Hoje passei por uma experiência sobrenatural, os mais céticos que me desculpem mas eu também só acredito vendo e vi, senti, falei, chorei, vivi...
Como se vive o som de um acorde numa guitarra que é melodia para nós, como o som de uma mota sem ponteira é música para nós, como se arrepia alguém só de pensar.
Pelas entradas e saídas deste mundo, e do outro, todos passamos, todos andamos aqui e acolá e a verdade é que, para mim, somos todos farinha do mesmo saco. Estamos todos na mesma esquina à espera do mesmo: da eterna felicidade. Poucos a constroem, acham que estão bem como estão. Lamento que os que querem muito e nada conseguem. Lamento muito os que pensam que são mesmo diferentes só porque querem, só porque é "bem" ir contra as regras. Ser diferente, é saber como se afirmar, como dar a mão à palmatória e é ser. SER. De ser, de sentir, se gritar e pular, de gemer e suar, de rodar o volante e fazer peão, de fechar olhos e chorar, de correr e suar, de murros dados à nossa maneira, da maneira que nos treinam, é escolher o que nos faz sentir bem, é gritar e ser ouvido, é espernear e acertar em alguém, com um olhar, com uma frase.
Gostar sem estranhar.
Entregar sem cobrar
ter o que era para ser cobrado sem pedir
Ser, estar e existir.
Ser alguém.
Estar algures.
Existir de uma existência que marque a ferro e fogo alguém, uma alma que seja.
É agora que as regras ganham?
É agora que moldamos a forma de pensar à sociedade?
De pensar nunca,
De falar, por mim, jamais.
Se sou diferente? Sim sou.
Se é bom ou mau?
É como é.
Banal, nunca!

eu, imagem minha sem direito a partilhas



Pink Poison(ver ©COPYRIGHT)

boas recordações

terça-feira, 17 de setembro de 2019

Como?

Como chega ela, a uma pessoa que não se deixa levar?
Como pode chegar um bom coração a outro que não deixa.
Desiste-se


Pink Poison(ver ©COPYRIGHT)

Reminder


 A imagem pode conter: texto

Das tecnologias



Na noite passada, enquanto conversava com alguém ao telefone, um rapaz, em cima de uma floreira, caiu e acabou por falecer. 21 anos de tecnologia nas veias. veio-me à memória a morte do filho de Judite de Sousa, a falar enquanto andava perto da piscina e caiu.

O alheamento de conduzir e falar com sistema mãos livres, é igual a estar alcoolizado. Agora, pergunto-me eu: até onde chegarão as tecnologias e quando é que as pessoas impõem limites para as utilizar?

Sempre que passeio o meu cão, num parque próximo, vou sem telefone, sento-me num banco, o cão anda por ali e mesmo que esteja na trela, aquilo sabe-me pela vida. Sempre critiquei o meu marido por ter o telefone no silêncio" desde 1996" mas agora percebo-o ...

Que descanse em paz.




Pink Poison(ver ©COPYRIGHT)

tu aí...

Que tens o rei na barriga, aguarda o dia em que a coroa sai por algum buraco...

Pink Poison(ver ©COPYRIGHT)

ora bons dias

segunda-feira, 16 de setembro de 2019

Need in indeed



Pink Poison(ver ©COPYRIGHT)

O coração engana

Quando ele chegou para um dia normal, percebeu que não era ele o centro da vida dela. Sentiu que a estava a perder, sentiu-se pequeno, impotente, desvalorizado. Um ato egoísta de uma mente formatada. Na verdade ela estava a dar atenção a um amigo que muito precisava dela na altura. e nunca o havia desvalorizado, tinha o seu espaço e o seu coração guardava-os bem guardados: os amores, os desamores, os desejos e conquistas...
Ele não percebera, até aquele momento chegar, que ela , era o seu tudo e era o tudo de outros mas que o amor que os unia, não havia sido desviado ou desvalorizado . Era por ele , para ele que ela sorria, que ela tinha forças para continuar a ser a mulher que ele precisava. Não passava de um ciclo de apoio muito bem estruturado e recheado de mimo.




Pink Poison(ver ©COPYRIGHT)

sexta-feira, 13 de setembro de 2019

Vou voltar para o Algarve definitivamente

Faltam alinhar uns pormenores. Home here I go. Com o meu homem 





Pink Poison(ver ©COPYRIGHT)

Hoje falo de Ângelo Rodrigues

Sendo uma adulto, sabia o que fazia e os riscos. Sabia porque o fazia e é um direito que concedemos a nós : escolher erradamente. Fez um escolha menos boa, em prol de uma pressão social em que um tipo já bonito, tem que ser ainda mais bonito, mais seco, mais musculado.
Deplorável as fotos do rapaz a entrar no hospital, é uma figura pública com vida privada e esta questão é da sua saúde, de uma amputação de perna que não vai acontecer, de tecidos no seu corpo mortos e removidos que o vão impedir, talvez, de trabalhar como modelo. Mas as pessoas que se julgam acima dos outros, expliquem lá por que razão não pode uma pessoa errar?Daqui a 20 anos ainda o vão censurar?
Deixar o homem recuperar, a escolha é dele as consequências também foram.
Que recupere depressa física e psicologicamente



Pink Poison(ver ©COPYRIGHT)

...

quinta-feira, 12 de setembro de 2019

Patética desculpa

Quero muito emendar alguns erros, noutros dias penso que já está feito, e era para ser assim.
"São coisas do passado" para não é justificação, porque deixam marca, trazem lembranças, no entanto se foi  e a vida continuou em bons termos, nem se dá essa patética justificação.
Porque coisas do passado, têm consequências 

Pink Poison(ver ©COPYRIGHT)

Som sempre agradável

quarta-feira, 11 de setembro de 2019

segunda-feira, 9 de setembro de 2019

as melhores advogadas

 A imagem pode conter: texto
Pink Poison(ver ©COPYRIGHT)

Competições ímpossíveis

Quando estamos bem, há sempre alguém melhor que nós, a viver algo bom também e nós perdemos algum prazer em aproveitar o nosso bem estar. Não sei porquê.
Quando estamos mal, dizem que existem situações piores: nada nos consola, porque o nosso drama é que conta...
Dá para entender?

Pink Poison(ver ©COPYRIGHT)

Clássico

sexta-feira, 6 de setembro de 2019

sabem o que vos digo?

Muita coisa minha passa por este blog, outra nunca cá virá parar.
Embora fosse uma chapada de luva branca para algumas pessoas que se julgam na maior e julgam qu eme provocam, mal elas sabem ... bem não interessa. Ser mal resolvida com gajos é do pior que há e aí, acabei mesmo de resolver um assunto e sabe-se lá quantas vezes irei fazê-lo a rir em silêncio... Porque do meu melhor, das minhas dores (aquelas ninguém mas mesmo ninguém sabe), eu trato ... Sem deixar comentários com falsos perfis, sem telefonemas anónimos, sem nada disso.


Pink Poison(ver ©COPYRIGHT)

De querer

Descansei porque ainda estavas em viagem. Adormeci no sofá e quando acordei estavas instalado, tinham-te dado todas as indicações que precisavas. Depois de um duche, foste ao meu encontro e despertei como se fosse um dia comum. Quando te vi, dei-te um beijo na testa. Queria -te mas apenas ali, a meu lado, como companhia, o sexo era tão óbio que havia perdido a piada.



Pink Poison(ver ©COPYRIGHT)

Nunca

A imagem pode conter: texto

Dia internacional do sexo?

É já!



Pink Poison(ver ©COPYRIGHT)

Tudo se faz

quinta-feira, 5 de setembro de 2019

Cena de avós

Eu quando andava na faculdade , tinha por hábito estudar na cozinha que era uma espécie de sala de estar, de jantar, de visitas, enfim... Gostava de estudar com barulho...
Uma tarde peguei nas coisas e fui para perto da minha avó que estava a cozer o seu pão maravilhoso e deu-me almoço, não consegui comer... deu-me outro prato diferente, também não consegui e ao terceiro a mesma coisa...

Desengane-se quem pensa que o meu pai me bancava e ordenava a minha vida... A mãe dele, pega no telefone (daquele com uma enorme roda transparente), marca o número e diz:
" a minha neta não vai mais para Lisboa (faculdade) ! se não come não vai e pronto" e desligou...

Na verdade era o último exame do curso e eu há 2 noites que só estudava e bebia água e café (que detestava mas não sei) e no dia do exame tive que pedir ao meu pai para me levar o carro a Lisboa e lá fomos nós, depois o meu pai ainda me levou ao Colombo aos saldos e eu nem liguei, entrei no carro, no banco d etrás e de repente sinto frio: "Eh pá fechem as janelas, que frio!"

o meu pai "cala-te! já chegámos"

A minha avó disse: " vai comer!"

Pink Poison(ver ©COPYRIGHT)

Outra bela iniciativa mas no Brasil

E que devia ser copiada por todo o mundo.
Setembro é o mês amarelo, da prevenção ao suicídio, ontem falei em estarmos atentos aos sinais. Esta iniciativa é de louvar...







 o ponto e vírgula é uma tatuagem que significa que alguémjá tentou terminar a sua vida e continua a lutar, ou alguém que ajudou essa pessoa, ainda alguém que tenha tido esses pensamentos e superou.
Pink Poison(ver ©COPYRIGHT)