Absorve-me mas em várias fracções

sábado, 4 de abril de 2020

Memórias

 Se existem boas memórias que guardo são dos meus avós paternos.
A minha avó era uma mulher admirável, com sentido de humor, honesta, generosa, com quem se podia falar sobre tudo...Depois dos 60 anos decidiu mudar de religião e aprendeu a ler sozinha para ler a biblía.
Certo dia, pergunta-me:
"olha tu é que és moça para me dizer que pontinhos são estes..."
Expliquei-lhe a pontuação... Passados uns minutos exclama com alegria:
"Mas isto agora é que é uma fineza!!!"
E mandou umas gargalhadas...Algo simples para quem estuda, um verdadeiro milagre para aquele mulher fantástica.

Pink Poison(ver ©COPYRIGHT)

sexta-feira, 3 de abril de 2020

Entretanto por Olhão



Pink Poison(ver ©COPYRIGHT)

Novidade, existe resiliência

Perante uma pandemia parece a palavra resiliência está na moda.
Ontem estive a relembrar, o período em que tive que ser mais resililente: fui agredida por um ex companheiro e recomecei a minha vida sozinha , a 300KM de tudo o que conheço.  Desde ter sido assaltada, a saber que ia haver um tremor de terra, dado o calor às 21h vir do chão, eu estar na cama com os meus 2 gatos e ouvir as placas a mexerem e dizer para mim: "aguenta-te que é agora", depois aquele som vindo do centro da terra como se nos fosse engolir.
A solidão de entrar e não ter ninguém à espera, de morar em casas de rendas baratas e longe de tudo, isso foi mau para mim, foram maus dias , maus tempos... A força, em situações limite, vem e vem rápida, ficamos então a saber do que somos capazes de aguentar.



Pink Poison(ver ©COPYRIGHT)

segunda-feira, 30 de março de 2020

Não mata mas mói

 O vírus corona, já nos está a matar mesmo sem estar infetados. As nossas rotinas, a nossa imagem, capacidade de ser pró activo. A nossa paciência... O vírus está a mudar o paradigma, e , para mim, isso é bom. Desta pandemia, a sociedade sairá melhor ou muito pior, nada ficará igual. A questão é: queres ser melhor ou ficar pior do que eras?

Pink Poison(ver ©COPYRIGHT)

domingo, 29 de março de 2020

Quando ela se vai


Ain't no sunshine when she's gone
It's not warm when she's away
Ain't no sunshine when she's gone
And she's always gone too long
Anytime she goes away
Wonder this time where she's gone
Wonder if she's gone to stay
Ain't no sunshine when she's gone
And this house just ain't no home
Anytime she goes away
And I know, I know, I know, I know,
I know, I know, I know, I know, I know
I know, I know, I know, I know, I know
I know, I know, I know, I know, I know
I know, I know, I know, I know, I know
I know, I know,
Hey, I oughtta leave young thing alone
But ain't no sunshine when she's gone
Ain't no sunshine when she's gone
Only darkness every day
Ain't no sunshine when she's gone
And this house just ain't no home
Anytime she goes away
Anytime she goes away
Anytime she goes away
Anytime she goes away
Fonte: LyricFind
Compositores: Bill Withers


sexta-feira, 27 de março de 2020

mundos alternativos



Porque os mundos alternativos, não devem andar por aí, devem, sim, estar dentro de nós para estarmos bem. A  música, que nos incita a um mundo, a um monte Olimpo, a um bem estar incondicional, a uma batida boa, saborosa que nos embala enquanto fechamos os olhos.
Enquanto abraçamos a pessoa que amamos.
Então fazemos o que queremos.
Como ser e estar de corpo e alma.
Como sofrer tanto a olhar para um ringue como se chora ao ver a vitória.
Orgulho. Drama. Castelos?
Sejam...
Assim, inteiros, bons e autênticos, uma patente a registar, um furacão na vida de alguém.




Pink Poison(ver ©COPYRIGHT)

quinta-feira, 26 de março de 2020

A minha vontade

O que dizer quando o inevitável acontece?
O que fazer quando estamos atados? O que pensar quando o desconhecido nos assombra, és tu o meu desconhecido, mesmo há 11 anos a conhecer-te, continuas o desconhecido, e cuidado , isso aguça-me... Prepara-me para inventar mil formas de te ver, mil forma de me tornar útil... Humilhação ou amor?
Escolho ser a minha vontade.

Pink Poison(ver ©COPYRIGHT)

terça-feira, 24 de março de 2020

Abriga-te em mim


Eu tenho um abrigo que te quero mostrar.

Não te preocupes que voltaremos em breve... vais comigo, ver o meu abrigo que está perto da lua e do Sol. De todos os corpos celestes, será o meu abrigo o que mais brilhará com a tua presença lá. Poucos percebem porque me abrigo da Humanidade e poucos percebem o que é o mundo além do seu umbigo, mas estão todos nas mãos de alguém. Eu, estou na tua e tu na minha. Lá de cima, verás como o mundo está desorganizado, saltarás de estrela em estrela e vais rir comigo. Será um seguro, não um porto, mas seguro porque não existem mais portos seguros, porque ninguém nos dá segurança, porque ninguém acerta naquilo que precisamos e eu só te quero no meu abrigo a seres o que quiseres, a fazeres o que quiseres, desde que sejas sempre tu.
 

Pink Poison(ver ©COPYRIGHT)