Absorve-me mas em várias fracções

domingo, 17 de fevereiro de 2019

Dia mundial do gato


 Quem diria que eu iria gostar de gatos quando toda a vida vivi rodeada de cães?
Ao meu Zeca e à minha Safira




Eu, sou do mundo. Mas do outro...
Eu, sou do mundo. Mas do outro... Tenho um em casa que corre sem sair do mesmo sítio, tipo um carro em ponto morto a ser acelerado...

sábado, 16 de fevereiro de 2019

dangerous Waters

Estes homens foram de jet ski da américa , passaram pelo Alaska, por águas , paisagens únicas para chegarem à Rússia.
Um programa que acompanho e admiro cada uma das personalidades que se juntou e fez algo único. Encontraram povoações quase desertas, de desconhecidos passaram a irmãos... Um deles, o médico (Pat) nunca havia conduzido um jet ski.  Insight TV  canal 156 Vodafone


Eu, sou do mundo. Mas do outro...

relax

Eu, sou do mundo. Mas do outro...

quinta-feira, 14 de fevereiro de 2019



De almas sinceras a união sincera
Nada há que impeça: amor não é amor
Se quando encontra obstáculos se altera,
Ou se vacila ao mínimo temor.
Amor é um marco eterno, dominante,
Que encara a tempestade com bravura;
É astro que norteia a vela errante,
Cujo valor se ignora, lá na altura.
Amor não teme o tempo, muito embora
Seu alfange não poupe a mocidade;
Amor não se transforma de hora em hora,
Antes se afirma para a eternidade.
Se isso é falso, e que é falso alguém provou,
Eu não sou poeta, e ninguém nunca amou.

William Shakespeare
Eu, sou do mundo. Mas do outro...
Eu, sou do mundo. Mas do outro...

quarta-feira, 13 de fevereiro de 2019

Mulherada, é ou não é?

Eu, sou do mundo. Mas do outro...

Verdade seja dita

Aos 42 anos, finalmente entendi e senti o quanto é verdadeira a visão de só lutarmos por quem importa e por aquilo que realmente precisamos, incrível como o número de lutas diminui...

Eu, sou do mundo. Mas do outro...
Eu, sou do mundo. Mas do outro...

segunda-feira, 11 de fevereiro de 2019

Não é extensão

Não te sinto uma extensão de mim, sinto-te apenas. Como se apenas fosse escrito de ânimo leve. É por mim que te sinto, é para mim que quero o meu e o teu prazer. Não será o mesmo se deixar de ter a minha alma, a minha essência. Fazes tanto parte de mim, que sai pelos poros o desejo que sinto por ti, rasgas-me um sorriso como me rasgas a carne. Continua.



Eu, sou do mundo. Mas do outro...
Eu, sou do mundo. Mas do outro...

domingo, 10 de fevereiro de 2019

sábado, 9 de fevereiro de 2019

Deve ser mesmo muito bom

Eu, sou do mundo. Mas do outro...

O amor é confuso

Mesmo assim, sinto a tua falta.
Muito. Tanta falta que tenho de ti, do que em dizias, do que me fazias e do que me prometias.
Uma dia, sim, um dia.



Eu, sou do mundo. Mas do outro...

quinta-feira, 7 de fevereiro de 2019

3



Nesta vida temos três professores importantes: o 'Momento Feliz', o 'Momento Triste' e o 'Momento Difícil'. O 'Momento Feliz' mostra o que não precisamos mudar. O 'Momento Triste' mostra o que precisamos mudar. O 'Momento Difícil' mostra que somos capazes de superar. 
Mário Quintana






Eu, sou do mundo. Mas do outro...
Eu, sou do mundo. Mas do outro...

quarta-feira, 6 de fevereiro de 2019

A delícia de cada um

 Ele era uma porta trancada. Esqueceu-se da greta que o seu sorriso era. Deixava entrar luz e, os melhores olhos o observavam . Sentia-se devastado, estava extasiado, perturbado mas gostava que essa greta tivesse levado para si luz e conhecimento. Porque nós, sem os outros , nada somos.



Eu, sou do mundo. Mas do outro...

Sinto a falta

De gostar muito de algo, de andar por andar.
Sinto-me agradecida por muita coisa na vida, esquecida por outras tantas e desviada da rota de outros acontecimentos. Não é assim que se faz um história de vida?



Eu, sou do mundo. Mas do outro...
Eu, sou do mundo. Mas do outro...

terça-feira, 5 de fevereiro de 2019

Separar mas unir

 Aquilo que os ligava era profissional.  No meio de tarefas, as conversas eram pessoais, íntimas até, devido a uma pequena mas pertinente diferença de idades, ela sabia dar -lhe conselhos. E ele precisava. Um rosto maroto, idolatrado por outras, tratado ali com respeito de quem tem uma amiga mais velha... mas com sangue nas veias. As paixões de cada um seguiam o seu curso, aquele porto seguro de ouvir e dar conselhos estava certo e não se levava nada a mal.
Uma noite ela pediu-lhe para ir ao seu encontro a sua casa. Embora estranho o convite, ele foi. E foi num ambiente aconchegado com o luar que entrava pela janela e a luz de algumas velas que ela lhe pediu para não se sentar.
Toda vestida de preto, com os seus saltos agulha, olhou para ele, e confessou que soube separar bem a relação profissional do que ia dizer.
Curioso, ficou em silêncio e ouviu: "Sinto-me atraída por ti, acho-te boa pessoa, acho-te lindo e estou curiosa, dás-me tesão".
A sua pouca experiência fez o coração disparar mas não se mexeu.

Num abraço, ela beijou-o, tocou-lhe nas costas, sentia o calor dele e uma simples conversa transforma-se numa mistura de emoções, era a surpresa, a ansiedade que acabava.
Ela olhou demoradamente nos olhos dele, depressa o conduz a um sofá onde começa a dança daqueles dois corpos. Ambos se sentiam merecedores, daquelas mãos, daquela pele, daquele momento...

O cheiro do sexo... Esse cheiro, estava lá, fez com que o atraso, fosse tão bom e tão divertido, nunca uma mulher lhe havia tocado assim, mexido assim, sem vergonhas, "selvagem" como ele apelida, nunca ela se havia sentido tão solta e ao mesmo tempo tão cuidadora...

Eu, sou do mundo. Mas do outro...
Eu, sou do mundo. Mas do outro...

sexta-feira, 1 de fevereiro de 2019

Das múmias

Arrastam-se
Insistem
São cínicas
são idiotas
Por serem idiotas se julgam as melhores múmias
Bem enrolado (conceito conhecido para as múmias)
As múmias percebem que não podem tudo.


Eu, sou do mundo. Mas do outro...
Eu, sou do mundo. Mas do outro...

quarta-feira, 30 de janeiro de 2019

Bale, adoro-te rapaz e esse filme





Eu, sou do mundo. Mas do outro...

Ser mais e partilha



Não quero ser a última cola no deserto porque existe quem goste de pão com manteiga. Sou o que me moldam, não quero ser a melhor de entre um grupo,  quero sempre melhor, quero sempre ter coisas que não mudam na minha vida porque me dão prazer, irei marcar os meus melhores momentos com a música Sky and Sand de Paul Kalbrenner , irei sempre adorar carros, velocidade.
Não espero o meu melhor rendimento num dia em que acordei em sobressalto, ou fui arrastada pelo cão antes do sol nascer para a rua. Quero ver o melhor das pessoas e esquecer o meu pior.
Quero justiça, debates, cultura.
Amor? tenho e garanto-o quando dá, quando não, temos o dia seguinte. Sou apenas uma bolacha do pacote.
Cada vez admiro quem cria: música, escrita, pintura, arquitectura, teses sociológicas... Criar não deve ser um ato egoísta, devemos partilhar o que sentimos e expressar, dedicar e dar sem motivo, ajudar sem pedir em troca.




Eu, sou do mundo. Mas do outro...