terça-feira, julho 05, 2011

Duas breves notas

  1. É muito bom entrar num mundo desconhecido segura pela mão de alguém. (ok, esta ninguém vai perceber)
  2. É excelente, ver que, ou ler que cada vez mais as pessoas da blogosfera por onde ando gostam de mim, um gostar virtual mas sabem "ouvir", guerrinhas, sim, já as tive mas estou "de bem" com todos os que quero
Agora uma coisinha e aquele que rir, leva!
O cúmulo do meu cansaço foi ao ponto de eu passar pelo desvio para o meu trabalho e seguir em frente, fazer inversão de marcha, passar em frente ao meu trabalho e seguir em frente...
Isto de mudar de casa, de horários, de emprego... Até os gatos estão a modos que assim, doidos!

EU, NÃO PAREÇO, EU SOU.

8 comentários:

  1. Quando somos levados pela mão de alguém ao desconhecido, mas essa mão é forte e amiga, nada há a temer...

    quanto ao carro....hahahahahahhahahaha

    beijo

    ResponderEliminar
  2. Eu só sorri... um sorriso pequenino. :)

    Eu tenho 3 estações de metro possíveis, caso me distraia para chegar ao trabalho :x não é fácil enganar o sistema neste caso.


    Beijoooooooo

    ResponderEliminar
  3. Precisas de descansar...
    Isso já não é cansaço menina é esgotamento

    ResponderEliminar
  4. tudo nao passa de uma verdade bem dita..

    ResponderEliminar
  5. LLLLLLLLLLOOOOOOOLLLLLL. Muito bom. Isso no outro dia também me aconteceu e olha que não mudei de nada, mas perdi-me lol. Ou seja, segui caminho, não sei muito bem pra donde. :P

    ResponderEliminar

Odeio as almas estreitas, sem bálsamo e sem veneno, feitas sem nada de bondade e sem nada de maldade. Nietzsche
Debita aqui algum bálsamo.