segunda-feira, maio 09, 2016

Única

Sou o que quiseres... quando eu quiser.

4 comentários:

  1. Ainda bem que és! Obrigada por tudo 😊

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Somos todos, cada um à sua maneira :)

      Eliminar
  2. Tu és sem duvida :)
    Senão quem me iria corrigir das minhas gafes ortograficas :p

    ResponderEliminar

Odeio as almas estreitas, sem bálsamo e sem veneno, feitas sem nada de bondade e sem nada de maldade. Nietzsche
Debita aqui algum bálsamo.