quinta-feira, maio 19, 2016

Da intimidade





Sou o que quiseres... quando eu quiser.

10 comentários:

  1. Respostas
    1. Verdade. Mas não preciso de saber que gostas de vestuário de mulher como a Rita Pereira

      Eliminar
    2. Não gosto, mas se vejo um trapinho que fica melhor neste figurão, não posso simplesmente evitar. he,he,he

      Eliminar
    3. Por Deus, volta Sanches!

      Eliminar
  2. Com certeza, a coisa vai muito além da carne.
    Bjs

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Muito, chega-se ao sentimento com um olhar

      Eliminar
  3. E quem assim fala ... está falado
    .
    Beijo

    ResponderEliminar

Odeio as almas estreitas, sem bálsamo e sem veneno, feitas sem nada de bondade e sem nada de maldade. Nietzsche
Debita aqui algum bálsamo.