sexta-feira, maio 20, 2016

Trapalhona e nadadora

 meus amigos, nesta história, a culpa é minha e do meu pai que me convenceu que eu podia ir à água com um colchão insuflável.
Eu devia ter , sei lá menos de 10 anos e a filha da minha primeira madrasta menos um ano, eu já tira tirado as braçadeiras, ela não. Todos os dias, no Verão, íamos para a mesma praia em Vilamoura, o meu pai e esposa ficam no toldo e as "doidinhas" iam para a água. Levámos o colchão.
Bom, o meu pai e a praia começaram a ficar cada vez mais pequeninos, e eu a dar ao braço e a T. a dizer: "então?" e eu " Confia em mim!" e vá de remar mas a coisa não ia para a praia, muito pelo contrário.

No toldo o diálogo era este:
madrasta: as miúdas?
pai: eh pá!
madrasta: vai lá depressa.

O meu pai tem quase 2 metros e já não tinha pé há muito , quando chegou perto de nós disse que estávamos quase em Marrocos. E eu ainda disse: "Mas ela não remou"...
Pai: Não têm noção do susto que eu e a vossa mãe e madrasta apanharam (as duas)
Mas eu sabia nadar, pronto!!!


Sou o que quiseres... quando eu quiser.

7 comentários:

  1. Hahaha que imagem fofa, ahh...travessuras quem nunca? E estavas confiante.
    Bjs e bom fim de semana

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Quando uma pessoa tira as bracadeiras ou as rodinhas de trás, sente-se a maior ihihih

      Eliminar
  2. Ps : Gostei do seu cantinho e já te sigo.
    Visite me caso seja do teu gosto.

    sublimefemalededomfa.blogspot.com.br

    ResponderEliminar
  3. com essa foto pensei que tinhas ido com o colchao tao lançada que te mandaste para a areia, mas afinal nao :X

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Confesso que escolhi mal a imagem mas não quis pôr aqui crianças...

      Eliminar
  4. Com essa imagem pensei que tinhas entrado na água em Vilamoura e tinhas saido dela em África, lool

    Imagino que, tirando as devidas analogias, sejas tão fofinha como o animalzinho da foto, lool

    Beijo.

    Sexta-Feira feliz.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Querias um casaquinho de pele era?
      De trombas (sendo que o animal a tem), sou uma fofura :P

      Eliminar

Odeio as almas estreitas, sem bálsamo e sem veneno, feitas sem nada de bondade e sem nada de maldade. Nietzsche
Debita aqui algum bálsamo.