sexta-feira, maio 13, 2016

sono




Sou o que quiseres... quando eu quiser.

4 comentários:

  1. Pareço eu a tentar ver televisão. Sou o da esquerda, claro. eheheh

    ResponderEliminar
  2. Respostas
    1. Eu nunca, há sempre alguém que me manda ir para a cama...

      Eliminar

Odeio as almas estreitas, sem bálsamo e sem veneno, feitas sem nada de bondade e sem nada de maldade. Nietzsche
Debita aqui algum bálsamo.