domingo, janeiro 16, 2011

Entenda-se

Entenda-se que existimos. Que somos pessoas diferentes. Agimos como o nosso coração manda e se os outros criticam, pensamos: "Tá parvo!!!"...
Parva estou eu, cada vez mais ODEIO, e ODEIO mesmo, o facto das pessoas não conseguirem na pequenez do seu mundo, aceitar os outros...
  1. Não sou racista
  2. Ah e tal, temos que ser tratados por igual.
CINISMO.
No dia em que eu achar que este mundo está a mudar no que respeita a aceitar, retiro a palavra revolta do meu dicionário...
NÃO SOU SUPERIOR, SUPERO-ME!

Sem comentários:

Enviar um comentário

Odeio as almas estreitas, sem bálsamo e sem veneno, feitas sem nada de bondade e sem nada de maldade. Nietzsche
Debita aqui algum bálsamo.