terça-feira, janeiro 18, 2011

Mas

Mas hoje, acordei aborrecida, traída e frustada... Pior, a prever uma situação mais uma vez injusta... Estou fartinha de tentar perceber os teus porquês, as tuas merdas e medos porque sempre o fiz o resultado foi o que se viu. Cresce pois já tens idade para isso. Se queres mentir, fá-lo bem e se queres culpar outros dos teus impulsos: olha força, venha o prémio para mim!!!
NÃO SOU SUPERIOR, SUPERO-ME!

1 comentário:

Odeio as almas estreitas, sem bálsamo e sem veneno, feitas sem nada de bondade e sem nada de maldade. Nietzsche
Debita aqui algum bálsamo.