terça-feira, março 01, 2011

Porque tu me tocas

Porque tu me tocas, sensação de leveza.
Porque tu me tocas na ponta dos dedos frios e eu deixo-me estar.
Como se não desse importância.
Porque me tocas?
Gostas? Perdes-te? ou saboreias?
Queres-me numa palavra, Incondicionalidades
Porque tu, sim, tu, me tocas com os olhos, com um tom de voz, com uma mensagem e a incondicionalidade está lá.
Não sejas meu pai, protector, sê meu amante, sê amor, sê vida e olhares.
Sê momentos difíceis e alegres.
No fim, um abraço.

NÃO SOU SUPERIOR, SUPERO-ME!(e não comprem guerras comigo)

5 comentários:

  1. Gostei de estar aqui!

    EROTICAMENTE FALANDO

    aTrEvE-te

    ResponderEliminar
  2. E um abraço bem forte termina tudo tão bem!:)

    ResponderEliminar
  3. Bé: nos meus textos gosto de acrescentar um abraço no fim...
    Beijos


    FRAGMENTOS: obrigada, beijinho

    ResponderEliminar
  4. nada como o toque do(a) amado(a) ...
    bjim ...

    ResponderEliminar
  5. Um toque é um sorriso secreto como eu chamo às sensações que só nós sentimos e que sabemos que são somente para nós.

    ResponderEliminar

Odeio as almas estreitas, sem bálsamo e sem veneno, feitas sem nada de bondade e sem nada de maldade. Nietzsche
Debita aqui algum bálsamo.