sábado, março 12, 2011

Os grandes


Os grandes são grandes em tudo. Têm um comportamento-padrão mas são admirados. Depois de mortos, claro está... Quando andava na Faculdade (SIM PRIVADA; E DEPOIS?), estávamos na aula a analisar um sociólogo francês, Alain Tourraine e eu fiquei admirada de estar a estudar alguém vivo... LOL Porque não?
Os grandes são excêntricos, têm um distúrbio psicológico qualquer, tomam uma droga qualquer ou escrevem frases que nos fazem todo o sentido...
Mas para eles, é banal, o talento não é um conceito concebido por eles, porque apenas criam... Criar, é bom, é mágico...
Ainda bem que existem para nos dizerem tudo vale a pena quando a alma não é pequena, porque temos em nós todos os sonhos do mundo porque nos dizem que uma montanha pintada 86 vezes por Cézanne vale a pena ver... Pode ser que um dia, alguém diga, "Eh pá, não seja superior, supera-te!", isto dizia a Pink Poison, uma doida qualquer, a quem uma tipa chama de puta e mentirosa e goza com o facto de o ex companheiro lhe bater... hum... mas depois acho que a outra se tramou de vez, tás a ver? A mulher não era só cona, tinha um cérebro e ainda treinava Krav Magá..."
Assustem-se, isto pode ser uma conversa entre os vossos bisnetos!

NÃO SOU SUPERIOR, SUPERO-ME!(e não comprem guerras comigo)

10 comentários:

  1. Ui.... muito haveria a contar aos nossos netos... Pode ser que haja mesmo.... E que eles se surpreendam e se orgulhem verdadeiramente.

    ResponderEliminar
  2. Mulheres, se eu sou grande, não se refiram a coisinhas pequeninas...

    ResponderEliminar
  3. Acho que a frase que vai ficar para a história é mesmo outra! "A mulher não era só cona, tinha um cérebro e treinava Krav Magá.! MUITO BOA! :)))

    ResponderEliminar
  4. Tenho pena de não ser aquela desocupada que essa outra nos chama, se fosse teria tempo para seguir cada milímetro deste blog que diz muito do que eu penso. Fica apenas com esta que servirá para apoiar tudo o que fazes e dizes: Quem se conhece sabe e consegue superar-se porque à partida sabe que erra mas que não é impossível emendar-se. Coitados dos que se acham grandes e donos da verdade, nunca aí chegarão, aí aos teus calcanhares.
    Beijinhos.
    Fiz este intervalo, no fim de semana, para saberes que mesmo ausente estou contigo, contigo, com todos que são grandes. Grandes significa corajosos, que dão a cara pelo que sentem, fazem e pensam, pela sua vida.

    ResponderEliminar
  5. Mas eu não me refiro a nada de pequeno milher... refiro-me a nós gajas que podemos ser grandes em muitos aspectos lool.
    bjo

    ResponderEliminar
  6. Sem papas na lingua! És das minhas!
    Eu tb sou assim... e haja sempre um rasgo de loucura em cada uma de nós pois apenas significa que somos IMPORTANTES!

    Beijos cheios de loucura na PINK***

    ResponderEliminar
  7. Gaja; bem escolhido mas ainda prefiro o meu lema!

    ResponderEliminar
  8. Brown eyes: obrigada pelo apoio... Sermos grandes ou sermos já é mais do que muitos...
    Eu gosto de ter pancadas, gosto de mexer com as pessoas e tocar-lhes: na história de vida, no coração, fazer ver que eu não sou mais uma... Faça o que fizer, nada abala a minha dignidade...
    Obrigada pelo carinho

    ResponderEliminar
  9. Ahahahhaha Pink :)
    Essa tua frase do Krav Maga está fenomenal! O texto está giríssimo mas esse remate é muito bom.
    E tens razão, quem sabe um dia contaremos coisas assim aos pequenitos ;)
    Beijinhos

    ResponderEliminar

Odeio as almas estreitas, sem bálsamo e sem veneno, feitas sem nada de bondade e sem nada de maldade. Nietzsche
Debita aqui algum bálsamo.