quarta-feira, março 02, 2011

Ainda o Galliano

Ainda sobre ESTE POST.
Não é por termos dinheiro, nome na praça e boas criações (eu diria excelentes, adorava as criações dele, e adoro) que temos civismo, postura e não me venham com a desculpa do alcool, ele disse o que nunca teve coragem para dizer enquanto sóbrio, por isso eu acho que não adianta ser DIOR, CHANNEL (olha, por acaso tenho umas meias de ligas da Dior, sou finória e não sabia), ser o que for, o que está dentro de nós é que conta.
Perder um emprego como empregada de limpezas, como professor, como gestor, por causa de racismo, descriminação? Se uns são ricos, outros não o são paciência, uns andam de Ford, Fiat, Opel e outro de Ferrari, GM's, etc... Quem está ao volante, pelo que tem, é gente?
Somos aquilo que queremos, e se não queremos respeitar os outros nas suas virtudes e defeitos, então, os que não o fazem, vão para a selva viver... ou grunhir... NOJO DESTA GENTE QUE AINDA POR CIMA O DEFENDE

NÃO SOU SUPERIOR, SUPERO-ME!(e não comprem guerras comigo)
NOTA: mudei, e mudo sempre que me apetecer, o fuso horário, ninguém tem que saber a que horas posto ou deixo de postar rsrsrsrsrsrsrs, e ainda os posso programar, coisa que muita gente ainda não percebeu que se pode fazer num blog.(quetefodas)

7 comentários:

  1. simplesmente disseste tudo!

    ResponderEliminar
  2. Subscrevo.
    Não existe dinheiro no mundo que compre:
    personalidade,
    Boa-educação,
    Bom-senso.
    Temos pena, mas essas coisas nascem connosco, fazem parte da nossa personalidade, ou se tem ou não se tem.
    Os que não possuem nenhum dos três pontos acima referidos são uns pobres coitados.

    ResponderEliminar
  3. Gostei muito do teu post. E não podia concordar mais com o que dizes! Mas o que eu gostei mesmo, memso, mesmo, foi da nota e do quetefodas! ehehehehehe! :D

    ResponderEliminar
  4. Quanto ao programar posts já o fiz, uma vez, dá um jeitão.
    Voltando ao sujeito, não há desculpas para o que ele fez e desculpas para quê? Afinal ele só teve o que pediu. Engraçado como o dinheiro acaba com a educação, civismo e respeito, não é? Pensam que não precisam de ninguém e deitam cá para fora todas as monstruosidades que têm dentro mas, como costumo dizer, um dia a casa cai. Caiu. Já reparaste que este tipo de atitudes não só está ligada ao dinheiro como também à infelicidade? Pois é. Dinheiro não dá mesmo felicidade daí terem tanto ódio aos outros e querem destruí-los. Eles podem ter dinheiro mas falta-lhes o básico para serem felizes. Não se compra tudo.
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  5. Todas completaram o meu post!



    GAJA: pois, estas notas são sempre um must... tu sabes que um quetefodas bem mandado até fica bem LOL

    ResponderEliminar
  6. Todo este relatório a propósito de ter lido em dois blogs de pessoas diferentes e de assuntos diferentes: um a propósito de alguém que finalmente teve coragem de dizer algo que já devia ter dito e nunca o disse com medo de ser apontada ou criticada.. logo não era livre..e fazia com que se sentisse reprimida por algo que a sociedade- na sua maioria não entende!


    Esta pessoa defende o Galliano, ora adivinhem quem...

    ResponderEliminar
  7. Volto a repetir: pena muita pena e nojo dessa gente.
    Sim muito mas muito infeliz....

    ResponderEliminar

Odeio as almas estreitas, sem bálsamo e sem veneno, feitas sem nada de bondade e sem nada de maldade. Nietzsche
Debita aqui algum bálsamo.