terça-feira, agosto 09, 2011

Por entre batatas e repoulhos

Um homem divorciado ou casado é sempre alguém com muito que se lhe diga. Pior é um homem divorciado, de uma puta fina, sabendo disso e lucrando também com isso. Um homem divorciado só faz sexo da forma com a ex mulher fazia com ele, emagrece e fica amargo, desleixado mas os outros é que estão malucos.
Porque será que só na meia idade surgem os dentes do siso (não sei se está bem escrito) a algumas pessoas? Sinal de juízo.
Pobre homem solteiro, que não admite que sofre, que não admite que brinca com os outros, os usa e está sempre tudo bem. Passa a gostar apenas de livros e animais. Adopta mais um felino, tem uma cama onde dormir diferente todos os dias, porque a sua, muito boa e bonita, casa não lhe ensina a viver sozinho. Não perdeu apenas kg's que lhe davam robustez, não perdeu apenas carácter, coisa que a ex nunca teve em condições, com os kg's foi-se a palavra, o respeito pelo próximo, o respeito por quem lhe quer bem...
rejeitado, obriga-se a rejeitar tudo e apenas se move em detrimento de ganhar o seu sustento, quando outrora era com motivação e bravura que o fazia. Homem divorciado, tira um curso de contabilidade para, daqui a uns tempos, pagares a factura de quem perdeste. E vai doer. Vais ter saudades e vais ser outra vez rejeitado. Só quem tem tesão por ti não te fecha as pernas mas o coração sim.


EU, NÃO PAREÇO, EU SOU.

5 comentários:

  1. profundo e realista , a solidão é realmente o pior dos pesadelos

    ResponderEliminar
  2. Ena pá, canibalizaste os divorciados e os solteiros? Então o melhor estado, é o de.... casado!?
    O homem até tem uma certa razão, devias agradecer o elogio. A foto está bela.

    Beijo
    Z

    ResponderEliminar
  3. Está explicada a minha falta de juízo! Não tenho e nunca vou ter dentes do siso... :D

    ResponderEliminar
  4. tá certo, palavras para quê!!!!


    beijo

    ResponderEliminar
  5. A última frase para mim toca na "mouche"...se os homens actuais não se permitirem a amar, qualquer dia nem as pernas temos vontade de lhes abrir!!!

    Beijo

    ResponderEliminar

Odeio as almas estreitas, sem bálsamo e sem veneno, feitas sem nada de bondade e sem nada de maldade. Nietzsche
Debita aqui algum bálsamo.