quinta-feira, março 10, 2016

Nem o nome



O poder da Natureza é infinito. Eu sou Natural...

3 comentários:

  1. Portanto.... entra num ouvido e sai no outro....
    Quem julga é Deus.... e se aparece alguém para te julgar... esqueça!!!
    Nem te coçes por isso....

    ResponderEliminar
  2. Eu coço-me quando alguém que eu amo, me magoa, quando alguém que eu amo morre (sim, os meus amigos de adolescência morreram alguns de mota) e coço-me quando tenho o cabelo oleoso ahahahaha

    ResponderEliminar
  3. Se as costas estiverem coçando....!!!!

    ResponderEliminar

Odeio as almas estreitas, sem bálsamo e sem veneno, feitas sem nada de bondade e sem nada de maldade. Nietzsche
Debita aqui algum bálsamo.