quinta-feira, 3 de março de 2016

Mostrar o que valemos

Não interessa aquilo que somos.
Não interessa aquilo que dizemos ser.
E muito menos discursos sobre os valores tão eticamente correctos que defendemos.
Interessa, sim, o que mostramos, nas nossas opiniões, nas nossas respostas, nas nossas escritas em blogs, face,... Se já ouvimos a frase " Estás a crescer, estou orgulhoso", é bom sinal, se ouvimos: "olha, afinal a ajuda vem de quem menos se espera" é mau sinal, sinal de que não se esperava ajuda nossa.
Insultos.
Vamos lá debater insultos, espera lá... não vale o esforço, o insulto, é uma tentativa , falhada de diminuir alguém, de atacar alguém, por norma tem origem em inveja, em falta do que fazer; eu já insultei, por raiva, depois cresci mais um pouco e passou. Passou ao ponto de estar nariz com nariz enquanto me ofendiam e calei-me( testemunhas+ tribunal,+ganhei+ indemnização).
Palavras, eu uso-as para ensinar, para excitar, para me deleitar com um bom livro, para decorar um texto, para ter uma boa conversa...


                   Assim trata-se quem nos insulta, ou, pelo menos, tenta

Não sou superior, supero-me.

5 comentários:

  1. Muito, muito bom texto!

    Beijo doce... espero por si Aqui:- http://prazeresecarinhossexuais.blogspot.pt/?zx=e7c3217bdcc84085

    Tenha uma noite feliz.

    ResponderEliminar
  2. Ainda ficam a gostar dos beijos... Assim não... tenho de arranjar outra forma :p

    ResponderEliminar
  3. Tens razão, ainda ficam convencidas...

    ResponderEliminar
  4. Lição de quem sabe viver:
    "Palavras, eu uso-as para ensinar, para excitar, para me deleitar com um bom livro, para decorar um texto, para ter uma boa conversa..."

    ResponderEliminar
  5. Achas lição? Obrigada. Beijo

    ResponderEliminar

Enriquece a minha pessoa com o teu comentário. Se vens criticar: não mudas em nada a minha postura... bem talvez me ria um pouco. Quem vem por bem, que escreva e se sinta em casa... Pink