domingo, maio 15, 2011

Remédio Para o Pessimismo

Queixas-te porque não encontras nada a teu gosto?
São então sempre os teus velhos caprichos
Ouço-te praguejar, gritar e escarrar...
Estou esgotado, o meu coração despedaça-se.
Ouve, meu caro, decide-te livremente.
A engolir um sapinho bem gordinho,
De uma só vez e sem olhar.
É remédio soberano para a dispepsia.



Friedrich Nietzsche, in "A Gaia Ciência"

NÃO SOU SUPERIOR, SUPERO-ME!(falem mal de mim, mas falem, estão a dar-me importância LOVE IT)

2 comentários:

  1. Desculpa amiguinha, mas não sou fã ...
    Mas ainda bem que existem quem o seja ;D

    ResponderEliminar

Odeio as almas estreitas, sem bálsamo e sem veneno, feitas sem nada de bondade e sem nada de maldade. Nietzsche
Debita aqui algum bálsamo.