sexta-feira, maio 20, 2011

criança/adulto?

Estive mais ou menos meia hora parada em frente à saída de uma escola. Chega uma mãe que fica ao portão e decide fazer uma chamada. E, dentro do carro e a derreter de calor, fui obrigada a ouvir isto, e não, a senhora não falava nada baixo:
"'Tou, olha, amanhã à noite temos que nos juntar ali no café!"
"Então a minha cÁrina ontem chega-me a casa aos berros e a chorar (isto +e possível ao mesmo tempo?) porque a xxxxxx (dona do café) foi dizer que eu e tu andamos a querer juntar a minha CÁrina com o teu Bruno"
" A minha mandou  logo uma mensagem ao teu e ele respondeu assim: "oh não ligues, até os adultos falam da vida das pessoas até da gente"
"ah amiga, isto não fica assim, eu vou armar um escabeche ali que ela nunca mais me faz chorar a minha CÁrina"


Então , o "Bruno" não terá sido o "adulto" no meio disto?

EU, NÃO PAREÇO, EU SOU.

4 comentários:

  1. MESMO! Por causa disso vai armar um escabeche! Vê-se mesmo que não tem vida...e problemas como toda a gente!


    xoxo*

    ResponderEliminar
  2. Enfim, é só peixaradas boazona, peixaradas...

    ResponderEliminar
  3. Não têm mais nada para fazer e fazem-se de muito!
    Enfim ainda bem que algumas crianças não seguem o exemplo dos país
    =)

    ResponderEliminar

Odeio as almas estreitas, sem bálsamo e sem veneno, feitas sem nada de bondade e sem nada de maldade. Nietzsche
Debita aqui algum bálsamo.