terça-feira, abril 19, 2011

Ah pois

Respiro melhor, nariz desentupido... Lenços de papel, apenas um pacote na bolsa...
BELA TROVOADA, ontem andei à chuva, além de ver os kilos de pó que uso no carro, apenas PARA PROTEGER A PINTURA, desaparecerem, lavei a alma... Quando entrei em casa, um banho quente... Adormeci com os gatos em cima de mim com o medo dos trovões e ainda assim, de alma fresquinha e lavada, sinto-me com a neura...
Devo ser das poucas, feliz com este tempo, assim, tenho uma Páscoa fixolas com a família no Sul sem enchentes por onde eu gosto de passear no Inverno...


NÃO SOU SUPERIOR, SUPERO-ME!(e não comprem guerras comigo)

4 comentários:

  1. Não gosto nada de trovoada ... brrr dormi mal para xuxu:-(

    Bjs doces na minha Pink***

    ResponderEliminar
  2. Muito bom...adoro trovoada...chuva...a Natureza no seu melhor

    ResponderEliminar

Odeio as almas estreitas, sem bálsamo e sem veneno, feitas sem nada de bondade e sem nada de maldade. Nietzsche
Debita aqui algum bálsamo.