segunda-feira, 15 de novembro de 2010

Homem que andas no mar (ELE)

Lá vais tu para os teus trilhos feitos por ondas. Atrás, a sólida rocha que te ampara e que tens segura. À frente, a liberdade, o carinho da espuma das ondas, a liberdade da linha do horizonte que tão acessível como o fim do arco-íris...
Tens as feições queimadas do sol, tens amor nos olhos e as retinas dilatadas.
Cada passo, cada milímetro da tua prancha conta uma história, uma história que tu quiseste viver, que viveste ou que um dia viverás... Tens vontades, nota-se na garra com que te jogas para o oceano, tens momentos em que amas a vida, amas tudo, amas. Amar é tão bom... És amado, és tu, és ele, és aquele!

NÃO SOU SUPERIOR, SUPERO-ME!

3 comentários:

  1. Representa bem, aqueles que sentem o fascinio do mar. Daqueles que não podem viver sem ele... VIVER SEM ELE, SEM O MAR.

    Sinceramente tocas lá... right on the spot!
    Que texto... que foto!!!
    Beijo bom dos meus!!!!!!!!!!!

    Ele

    ps-obrigado PP, adorei!!!!!!!!! Éslinda!!
    =O)))

    ResponderEliminar
  2. Não sou linda mas gosto de ti! És do "meu" mar!

    ResponderEliminar
  3. Não sou linda mas gosto de ti! És do "meu" mar!

    ResponderEliminar

Enriquece a minha pessoa com o teu comentário. Se vens criticar: não mudas em nada a minha postura... bem talvez me ria um pouco. Quem vem por bem, que escreva e se sinta em casa... Pink