sexta-feira, outubro 21, 2011

Pratico isto:

Enfim, do meu mau feitio que, bem espremido, tem coisas boas.
(diálogo entre um primo meu há uns anos no monte no aLgarve e como tínhamos muitos cães, existia um balde enorme com água para eles)

Pink - "Olha lá, vais parar de aquecer a mora em frente à cozinha onde está a minha avó doente!"
Primo- "Ai sim, senão fazes o quê?"
Pink - "Leva scom a água dos cães em cima"
Primo: "AH; AH; AH... SPLASH!"

Conta o lendário pai que o puto ia trabalhar e que quando o encontrou à entrada do monte disse: "Está a ver o que aquele mau feitio me fez?
O meu lendário pai, com muitas lendas minhas para contar, riu-se e perguntou: "Estavas à espera do quê?"

Telefone:
"Sim, quem fala?"
pink - "Com queria falar, por favor?"
"mas quem fala?"
Pink: "diga-me com quem queria falar"
"pum!" telefone desligado mas como o número apareceu
Pink: "Não lhe deram educação foi?"
PUM!

 -

Não sou superior, supero-me.

2 comentários:

  1. Pratiquei o splash num almoço na cantina da faculdade com um "se dizes isso outra vez levas com o copo de água" "nem és mulher nem és nada se não atiras". splash!!!!!!

    Gosto do teu feitio. Que não é fácil, diga-se. É para quem quer entender, não para qualquer um. Depois disso, é simples de gerir, como o meu :)


    Beijo
    Pukas

    ResponderEliminar
  2. Isso faz de nós especiais...

    ResponderEliminar

Odeio as almas estreitas, sem bálsamo e sem veneno, feitas sem nada de bondade e sem nada de maldade. Nietzsche
Debita aqui algum bálsamo.