Absorve-me mas em várias fracções

terça-feira, 10 de julho de 2018

Message for you

Avisa-se a pessoa que anda a clonar os nomes das pessoas que aqui comentam, tentando um afastamento que é burra como tudo.
Acabou de deixar um comentário a fazer-se passar por uma pessoa dando a entender que tinha havido uma relação entre mim e a pessoa por quem assinou.
Busted!
Conheço a forma como as pessoas falam comigo e com quem tive relações amorosas ou não, se fechar os anónimos isto acaba né pindérico/a?



O poder da Natureza é infinito, eu sou natural.

4 comentários:

  1. Respostas
    1. Sabes São, embora possam existir mágoas e coisas mal resolvidas, a pessoa que foi clonada apenas porque tenho os anónimos abetos, jamais me chamaria o que esta alminha podre me fez crer. Esta gente nunca entendeu uma coisa: na escola onde eles andaram,eu era a presidente do conselho executivo.

      Eliminar
    2. Se o Paulo Moura alguma vez me clonar, tu dá-lhe porrada!

      Eliminar
  2. Não ligues!
    És como todos nós, tem defeitos e qualidades. Se implicam contigo, invejam-te. Quantos anos tem este blogue? 10 anos.
    Quantas vezes o fechaste? Que eu saiba, nenhuma. Mudaste o teu modo de pensar? A tua postura? Apenas as mudanças dos 30 para os 40 . Tens textos lindos, tens dias parados, como todos.

    ResponderEliminar

Odeio as almas estreitas, sem bálsamo e sem veneno, feitas sem nada de bondade e sem nada de maldade.Nietzsche
Deixa aqui algum bálsamo