sábado, julho 10, 2010

Quero-o

Solar is a thought-provoking read – challenging in parts and funny in others. Overall it I found it a very interesting portrait of a man brilliant enough to change the world, but too corrupt to be its saviour.

NÃO SOU SUPERIOR, SUPERO-ME!

Sem comentários:

Enviar um comentário

Odeio as almas estreitas, sem bálsamo e sem veneno, feitas sem nada de bondade e sem nada de maldade. Nietzsche
Debita aqui algum bálsamo.