sexta-feira, agosto 05, 2016

O que eu vos deixo

Conta-me onde vais por essa noite fora... A noite é amiga, esconde as lágrimas, os sorrisos, os encontros furtivos... Esconde-nos os sonhos, aqueles onde vejo o meu palco, e tu assistes, tu sejas quem fores, sabes que o Monte Olimpo me espera... Porque mais belo não há do que quem criou a Filosofia. Pensar,falar, chorar, gritar e pular... um abraço.
 Que salva vidas.
Que mata senão existir, um som que se entende, uma coisa só minha, só do Mundo, porque eu sou do Mundo, apesar de o odiar, sou do Mundo, tenho um castelo em cada nuvem e tudo o que observo no meu cérebro.
 Como deixar a minha herança? Um dia, existirão pergaminhos, em relevo com o que hoje escrevo... 
imagem minha sem permissão de partilhas de qualquer tipo. Ver copyright



O que quero, quando eu quero, aceitas?

15 comentários:

  1. Olhos lindos com um olhar penetrante, de gata...insaciável...

    Feliz fim de semana

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Bom fim de semana amigo , mas ... e o texto, gostaste?

      Eliminar
  2. Respostas
    1. Mas do texto ninguém fala :(((((

      Eliminar
  3. Boa tarde Pink Poison
    Lool.. Não te estranhes de não comentarem o texto... Pois o que salta à vista são estes olhos/esse olhar lindo!
    Quanto a texto, gostei de o ler. É uma mente viva, a vaguear.

    Bjocas e bom fim de semana.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Grande Filipa... Bom fim de semana. Beijos

      Eliminar
  4. Olhar que mata....lembrei-me de uma música pouco conhecida por aí: Duas Contas, de Garoto!..
    "Teus olhos
    São duas contas pequeninas
    Qual duas pedras preciosas
    Que brilham mais que o luar

    São eles
    Guias do meu caminho escuro
    Cheio de desilusão
    E dor
    Quisera que eles soubessem
    O que representam pra mim
    Fazendo
    Que eu prossiga feliz
    Ai, amor
    A luz dos teus olhos"

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ai amor, o que sai dos teus dedos é amizade e carinho...

      Eliminar
  5. No infinito está a beleza e a essência do olhar. Os seus olhos olham o infinito
    Beijinho

    ResponderEliminar
  6. Adoro o teu olhar..podia dizer muito mais,mas prefiro o que diz o silêncio do meu olhar quando te olha :)

    Beijo amiga

    ResponderEliminar
  7. Lindos , os teus olhos e o teu texto, claro 😉. Beijinho

    ResponderEliminar
  8. A noite é uma criança e torna tudo possível nos sonhos! Não odeio o mundo, por que faço parte dele e se estou por aqui, deve haver uma razão. Talvez, seja esse abraço que falas, para aprender que o silêncio as vezes fala muito mais alto.
    De outro modo, teu olhar me tocou muito mais do que o texto!
    Enchantée!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada Minha deusa amiga linda!

      Eliminar

Odeio as almas estreitas, sem bálsamo e sem veneno, feitas sem nada de bondade e sem nada de maldade. Nietzsche
Debita aqui algum bálsamo.