segunda-feira, agosto 08, 2016

Boa semana com memórias

O que quero, quando eu quero, aceitas?

3 comentários:

  1. SIMPLESMENTE SENSACIONAL!!!!!!!!!!!
    DIVINA ESSA PARTE!!!!!

    ResponderEliminar
  2. Acho que sei este filme de cor, de tantas vezes que o vi e se passo muito tempo sem o ver, emociono-me no final!

    ResponderEliminar

Odeio as almas estreitas, sem bálsamo e sem veneno, feitas sem nada de bondade e sem nada de maldade. Nietzsche
Debita aqui algum bálsamo.