terça-feira, julho 18, 2017

Do agir ao sentir

Vejo tantos carneiros a agirem contra o que sentem. 
Obrigada por me deixarem ser assim: do contra. 


 

Sou uma força da natureza, não tentes destruir - me...

1 comentário:

Odeio as almas estreitas, sem bálsamo e sem veneno, feitas sem nada de bondade e sem nada de maldade. Nietzsche
Debita aqui algum bálsamo.