sexta-feira, julho 07, 2017

Bom fim de semana




Erro

O erro não é das pessoas, disse, a vida é que está errada. Devias pensar unicamente no que pode acontecer, não no que acontece. O que acontece tem pouco interesse.
Tudo na vida devia ser diferente, disse. As palavras são o maior erro. Todas as palavras. Não há nada de mais inútil porque nada nos responde. Estamos nisto desde o começo e foi um mau começo.
Os corpos apodrecem, mesmo antes de morrerem já vão apodrecendo, disse. Não há nada de mais abjecto do que um corpo. Nem para se comer serve.
Os homens sonham perdidamente com a beleza, disse. Mas os homens para poderem ser felizes devem aprender a resistir à dissipação. Os homens estão doentes, isso é que é.
A pornografia ainda é compreensível, o resto muito menos, disse. Mais tarde ou mais cedo acabas por descobrir que não saberes não quer dizer que alguém saiba. Nem a tua ignorância te salva.
Mais do que tudo odiamos a natureza, disse. O que nos distingue de uma pedra é a violência com que a atiramos. Quando é preciso desfiguramo-nos só para não sermos quem somos. Todas as guerras são um refúgio.
Não há nada que nos justifique e a culpa não é de ninguém, disse. A vida é que é isto assim. E calou-se.
Pedro Paixão

 

Sou uma força da natureza, não tentes destruir - me...

Sem comentários:

Enviar um comentário

Odeio as almas estreitas, sem bálsamo e sem veneno, feitas sem nada de bondade e sem nada de maldade. Nietzsche
Debita aqui algum bálsamo.