sábado, junho 18, 2016

Imagem minha, o sol e palavras

Passo a mão no peito e sinto-me livre. Olho para cima e respiro fundo e penso na forma como se toca, como se beija, como se anda... O que se sente quando se vê a pessoa a primeira vez...
Como se ama?
Ama-se como se pode...

Imagem minha sem permissão p qq partilha em qq rede social e documentos oficiais


Sou o que quiseres... quando eu quiser.

16 comentários:

  1. Tá bem, prometo que não p qq em qq... eheheh

    ResponderEliminar
  2. "Ama-se como se pode..."
    Assim de repente, à primeira, li outra coisa.. ihihih

    Hoje vai estar muito calor... e depois admiram-se...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Fui para a Ericeira e tenho a cara a arder :P

      Eliminar
  3. Mesmo! Ama-se como se pode... Gostei 😉 Beijinho

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. E quando deixam, temos os empata fodas...

      Eliminar
  4. O nosso verdadeiro estado é...nus.

    ResponderEliminar
  5. Pois é a primeira vez que vejo o sol, em todo seu esplendor, passar a mão no peito!!!
    Mas prometo partilhar essa imagem linda comigo mesmo durante muito tempo... posso???

    ResponderEliminar
  6. Será que amar tem definição?
    .
    Beijo

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. NUNO FILIPE!
      Não sei se te respondo.
      Nem um ai ui ai em relação à foto?
      Amar para mim tem uma definição: incondicional.
      Beijos

      Eliminar
  7. Anónimo : a resposta à sua pergunta é sim :))) espero que goste dos cortinados em linho, um balúrdio

    ResponderEliminar
  8. Respostas
    1. Por acaso tinha um fio dental vestido :P

      Eliminar
  9. Continuas boazona como sempre...

    ResponderEliminar

Odeio as almas estreitas, sem bálsamo e sem veneno, feitas sem nada de bondade e sem nada de maldade. Nietzsche
Debita aqui algum bálsamo.