quarta-feira, 1 de junho de 2016

Dos diálogos:

No final do ano lectivo, em especial no mês de Maio, é um lufa-lufa de testes, trabalhos, testes no mesmo dia, testes à segunda preparados ao Domingo, testes da instituição para corrigir, reuniões...
merecia uma coisa destas
Costumo dizer: "Pessoal, muita calma nesta hora que chegou a altura em que nem eu já vos vosso ver nem vocês a mim!"

Ontem disse, em tom de despedida, a quem já passou e não precisa de explicações este ano: Bem, quero telefonemas ou mensagens de 2 em 2 semanas para sabermos umas das outras (isto para uma dupla de miúdas do 5.º ano que são BFF).
resposta: "Então mas não eras tu que não nos podias ver à frente e nós a ti?"

E assim se iniciou um belo discurso sobre a separação entre relação profissional e amizade...


 Dia da Criança, não da Criancinha (as minhas criancinhas não chumbaram, nem uma e viva eu!)

13 comentários:

  1. Isso é parte da relação profissional entre uma ótima professora e seus alunos...
    É sempre assim mocinha linda e doce.... a generosidade fala mais alto que tudo...
    Te adoro!!!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. E eu te adoro e adora aquela gente que me faz a cabeça em água!

      Eliminar
  2. Respostas
    1. Nau, uns queixam-se de não resposta , tu queixaste de rapidez! tu resolve-te homem!

      Eliminar
  3. Eu não estou me queixando ó pá....
    Estou admirado da rapidez da gaja.... será que ela dirige autos com essa rapidez??
    Será que ela faz "tudo" tão rápido assim???
    Beijos ó gaja!!!

    ResponderEliminar
  4. É mesmo assim; Um ano cheio de preocupações, nervos, e por vezes, coisas que se dizem, menos boas, mas no final, no final até se sentem as saudades.

    As crianças são o melhor do mundo. Gostei da postagem

    Obrigada pela visita

    Beijocas
    Estou por aqui-> Prazeres e Carinhos Sexuais

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Hoje nem sei como me chamo com o dia da criança, provas ao mesmo tempo... Ufa...

      Eliminar
  5. Anónimo6/01/2016

    Por vezes são lindos os diálogos que surgem do nada... por vozes de inocência.

    Bjuuuu

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. São do melhor e são amizades...

      Eliminar
  6. se nao chumbaram, ou sao mesmo bons alunos, ou ha uma boa professora :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ou uma explicadora que faz de psicóloga, taxista, pastelaria, fotocopiadoras, onde se faz o buço de borla... Mas trabalham no duro. Beijinhos

      Eliminar

Enriquece a minha pessoa com o teu comentário. Se vens criticar: não mudas em nada a minha postura... bem talvez me ria um pouco. Quem vem por bem, que escreva e se sinta em casa... Pink