quarta-feira, dezembro 02, 2015

Do Natal

"Então e o que queres tu para este Natal? "

Torrar dinheiro em coisas que as pessoas já têm ou elas o comprariam?

Eu queria uma rave em terra batida como as que fui nos meus 18, 19, e vinte e poucos, acabei por me distanciar das pessoas com quem iam por começarem a usar  droga para aguentarem mais horas a dançar e sentia que estava a falar com uma personagem de "Walging Dead".

Queria que as pessoas assumissem o que dizem, como eu, nesta linda pradaria, que é o meu blog, e assumissem as consequências que isto de gozar com alguém , um dia leva-se a resposta que ninguém gostaria de ler mas choradinhos com print screens há muitos e eu aqui estou. Gabo quem perde tempo a falar mal de mim, por acaso gabo, falem mal, mas falem.

Gostava de ter o meu cão com menos 10 anos em cima, ia ser uma farra!

As utopias do costume? paz no Mundo, fim da fome, isso já nem me atrevo, porque não tenho 12 anos, mas menos pá, menos. E menos comida nas mesas que metade fica na mesa , eu bem sei que a mesa fica linda cheia de travessas cheias mas ninguém consegue comer tanto.


Não sou superior, supero-me.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Odeio as almas estreitas, sem bálsamo e sem veneno, feitas sem nada de bondade e sem nada de maldade. Nietzsche
Debita aqui algum bálsamo.