sexta-feira, novembro 20, 2015

Não bato

 Eu não bato

Não sou superior, supero-me.

3 comentários:

  1. De pequenino... Achei os putos o máximo. Muito swag.
    Miguel A.

    ResponderEliminar
  2. Também achei uns queridos. Beijos

    ResponderEliminar
  3. R : É uma doença um pouco difícil ... eu só descobri em Agosto ..

    ResponderEliminar

Odeio as almas estreitas, sem bálsamo e sem veneno, feitas sem nada de bondade e sem nada de maldade. Nietzsche
Debita aqui algum bálsamo.