quarta-feira, novembro 18, 2015

Chegou o dia

Desde que larguei a manga curta, chegou o primeiro dia que falho a quem me espera porque estou doente. Ai minha rica febre, meu belo nariz  e saudades da net que mal me aguento em frente ao computador ? (mas tenho coisas pendentes e tenho que cá vir, o dinheiro não cai do céu mas cai da net, algum). Portem-se bem (para os que ainda se salvam).

Não sou superior, supero-me.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Odeio as almas estreitas, sem bálsamo e sem veneno, feitas sem nada de bondade e sem nada de maldade. Nietzsche
Debita aqui algum bálsamo.