domingo, junho 13, 2010

A vida


A vida é um corte... Uma ferida que todos vão mexendo para nunca se fechar...
NÃO SOU SUPERIOR, SUPERO-ME!

2 comentários:

Odeio as almas estreitas, sem bálsamo e sem veneno, feitas sem nada de bondade e sem nada de maldade. Nietzsche
Debita aqui algum bálsamo.