terça-feira, dezembro 14, 2010

Dor

"Eu sei que estás doente. Todos os dias ficas em cima do meu peito a ver-me chorar e a pedir-te desculpa. Desculpa por ter humidade na tua zona da casa, desculpa por não te puder pôr num veterinário dos mais chiques mas estás a antibiótico, medicado para evitar infecção ou o seu alastramento. Possivelmente irás para uma jaula apenas para apanhares vapores mas tens aqui a tua dona. Choro por ti, fico tão contente quando ouço o teu guizo, sinal que te moves, que sais da "toca" onde te tens escondido. Ontem até ao colo do vizinho andaste... vês? Hoje nem saio de casa para te acompanhar, para ver se o antibiótico te está a fazer efeito, está bem meu fofo? "
NÃO SOU SUPERIOR, SUPERO-ME!

3 comentários:

  1. Amiga:
    O que é que o teu amiguinho tem?
    Nem imagino o que estás a passar, a minha felizmente nunca esteve doente, mas deve ser cá uma aflição e os veterinários são tão caros :-)
    As melhoras!

    beijinhos

    ResponderEliminar
  2. as vezes mesmo para os animais basta simples palavras... e tudo parece melhor

    ResponderEliminar
  3. O meu bicho está constipado mas ao longo do dia os espirros foram diminuindo...

    Rui e fê: um beijo

    ResponderEliminar

Odeio as almas estreitas, sem bálsamo e sem veneno, feitas sem nada de bondade e sem nada de maldade. Nietzsche
Debita aqui algum bálsamo.