quinta-feira, novembro 08, 2012

O silêncio não me move

Certas atitudes e ações exigem uma confiança, a mínima em circunstâncias difíceis, mas zero confiança não me move.  Tirei um doce da minha boca, precisava dele e queria-o mas olha, que fazer se o doce nunca mostrou sabor? Que fazer num curto espaço de tempo, sem saber esse sabor?

Não sou superior, supero-me.

1 comentário:

  1. Possivelmente seria um doce amargo.
    Bons e melhores doces vão aparecer.

    ResponderEliminar

Odeio as almas estreitas, sem bálsamo e sem veneno, feitas sem nada de bondade e sem nada de maldade. Nietzsche
Debita aqui algum bálsamo.