sábado, dezembro 31, 2016

Metanoia

A malta que tem a mania que se encontra o sinónimo no meu escritor favorito (Pedro Paixão)  ou em grandes pensadores e escritores e em psiquiatras...
Pois a moda é dar esse nome à crise existencial que existe desde cagões existem

Please, abram a revista Happy de dezembro (pág. 64), reduzam-se à vossa insignificância e saiam da escuridão... Olha... se calhar o Sol queima-vos...

Sou uma força da natureza, não tentes destruir - me...

Sem comentários:

Enviar um comentário

Odeio as almas estreitas, sem bálsamo e sem veneno, feitas sem nada de bondade e sem nada de maldade. Nietzsche
Debita aqui algum bálsamo.