domingo, setembro 18, 2016

Ser elitista

Na minha opinião, todos nós, em algum ponto da nossa vida, já fomos elitistas. Eu lembro-me de ter um namorado muito talentoso numa área e ser apaixonada por ele de uma forma intensa, à distância ele parecia um vizinho que eu via todos os dias, quando o via sair do comboio.
Um dia disse que em fazia confusão ele ser tão parado, ter sido eu a arranjar contatos para mostrar o trabalho dele, que consegui... Queixei-me de não saber falar e não ler.
Levei um raspanete da minha psicoterapeuta por estar a ser elitista.
Verdade, de cada pessoa (boa) vem um talento, uma frase boa, mesmo que ela não seja como eu, não leia o que eu leio, não sinta o que eu sinto em relação ao que me rodeia. O elitismo passou a ser outras coisas: discriminação: segregação, racismo e um exibicionismo do dinheiro que temos...
Felizmente parei a tempo e tenho tão boas recordações daquela pessoa, porque homens como aquele, existem muito poucos. A distância separou-nos mas tenho mesmo orgulho na lição de vida que a bondade dele me ensinou.


SOU ÚNICA, o mundo está cheio de cópias..

14 comentários:

  1. Mistura de classes sociais e raças só vemos em novelas fantasiosas mesmo!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não falo de raças, falo de pessoas que só se dão com pessoas que têm carros bons, pessoas que deixam de ser amigas de outras quando conhecem pessoas famosas ou se tornam famosas. E olha, sem problema nenhum: pessoas que dizem que o meu marido é corno porque eu fui acompanhante, como tu fizeste.

      Eliminar
    2. Até porque raças, não existem, existe uma: a raça humana.

      Eliminar
    3. Peço desculpas, já que nunca pedi!

      Eliminar
    4. Vamos ser cordiais e dialogar em paz.

      Eliminar
    5. Isso mesmo ....!!
      Adorei ler esse instante de paz e cordialidade!!!

      Eliminar
    6. Pediu desculpa, entrou no blog com conversas gentis, não havia motivo para mais guerra...

      Eliminar
    7. Também gosto muito de ver essa pacificação. Precisamos todos de paz e harmonia.
      Lucas

      Eliminar
  2. Respeitar a diferença, valorizar o que realmente é valórizável é o que nos engrandece e nos ajuda a "nivelarmo-nos por cima". O mundo estaria bem melhor se todos pensassem assim. Um beijo Pink.
    Lucas

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Os invejosos só o sabem fazer por baixo... Beijo Lucas

      Eliminar
  3. Existem pessoas tão simples mas tão "valiosas" Por vezes perde-se demasiado tempo com coisas que não interessam e não reparamos em quem está ao "nosso" Lado. O respeito é o essencial... esse vem de baixo.

    Bjocas e bom Domingo

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Bravo Filipa! Muito bom comentário, existem mais coisas essenciais como não julgar e ignorar...

      Eliminar
  4. Há muitas formas de estar e nenhuma tem de ser superior à outra. Todos nós já cometemos o erro de achar o contrário, mas o que nos torna pessoas melhores é o facto de evoluirmos e não voltarmos a cair na mesma "casca de banana".

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Concordo, todos já cometemos esse erro. Beijinhos

      Eliminar

Odeio as almas estreitas, sem bálsamo e sem veneno, feitas sem nada de bondade e sem nada de maldade. Nietzsche
Debita aqui algum bálsamo.