quarta-feira, outubro 05, 2016

Hoje fizémos história duplamente

 Para além de ser dia da Implantação da República, estamos a fazer história. Não se trata, apenas de Portugal, trata-se de história do Mundo!
Temos um português a comandar os destinos da ONU.
António Guterres assume o cargo de Secretário-geral das Nações Unidas.
Decididamente Antonio Guterres mostrou-se, ao longo dos últimos anos, um homem de consensos e de um bom senso com um  perfil de homem incansável pela causa, capaz de liderar. Guterres  lutou pelos mais desfavorecidos e procurou soluções quando ninguém via soluções. Correu o mundo a apresentar as mesmas...






Sou a Pink Poison e sou única, cópias, existem imensas...

3 comentários:

  1. Que o novo mandatário da ONU traduza o espírito português: Honra, luta, amor ao belo, amor à humanidade, bom humor, o espírito bravo e lutador da nação portuguesa... que tenha o grande coração dessa gente lutadora, trabalhadora e muito linda!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ele já foi nosso primeiro -ministro e não era muito famoso. Mas como defensor dos refugiados, empenhou-se na causa e acho-o muito merecedor...

      Eliminar
  2. Pois claro. Se não fosse o Guterres e, sobretudo, a ONU, provavelmente a Europa estava a sofrer vaga após vaga de refugiados.
    Abençoados os seres iluminados que andam há 70 anos a salvar pessoas.
    Que intrujice nos andam estes tipos a vender...

    ResponderEliminar

Odeio as almas estreitas, sem bálsamo e sem veneno, feitas sem nada de bondade e sem nada de maldade. Nietzsche
Debita aqui algum bálsamo.