sexta-feira, outubro 07, 2016

Estou ...

Donald Trump deixou de ter adjectivos. Passou de palhaço a mordaz, de besta a bestial, de cómico a rude e agora vem com toda a lata que o criador distribuiu entre criminosos que numa sala de audiência que se dizem inocentes e ele, pedir para os doentes terminais  "se aguentarem até ao dia das eleições".
Burro como é, não percebe que, se esses doentes efectivamente conseguirem suportar as horrorosas dores e votarem, não será nele.
Que homem horrível aquele! 

Sou a Pink Poison e sou única, cópias, existem imensas...

4 comentários:

  1. Nunca, mas nunca subestimes a capacidade dos Americanos para a estupidez!
    Não te esqueças que elegeram o Bush filho...
    ...duas vezes!

    :)

    ResponderEliminar
  2. Também não gosto nada dele :/

    ResponderEliminar
  3. Como diz o Colin Powell, o Trump é "national disgrace and an international pariah."

    ResponderEliminar

Odeio as almas estreitas, sem bálsamo e sem veneno, feitas sem nada de bondade e sem nada de maldade. Nietzsche
Debita aqui algum bálsamo.