sábado, outubro 29, 2016

12 horas de sexo

Abre a porta do meu quarto, enquanto rasgas a tua camisa negra
Não me assustas, apenas me surpreendes. Quero-te. Quis este dia. esse corpo, essas formas,são agora a minha realidade. És tu, e eu gosto.
Depressa me despes e eu a ti. E descobres os recantos que me dão prazer, porque tos contei antes, não há tempo para preliminares. Encosto-te à porta e digo-te: " Agora é entre deus e nós"...
Mordo o labio inferior tão suavemente que se vê um fio suave de saliva.
Entre nós não existem limites, mas existe uma pressa , queremos tudo, e seremos tudo a toda a hora.
Diz-me:
12 horas chegam?




Sou a Pink Poison e sou única, cópias, existem imensas...

7 comentários:

  1. Doze? dOZE?! Isso é para ser uma longa sessão de sexo ou o Ramadão? =P

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eram para ser só 11 mas com a mudança da hora... Fica a dúzia
      😈😈😈😈😈😈

      Eliminar
    2. Sabes tralha! 12 horas numa madrugada com marcha atrás...

      Eliminar
    3. Sãozinha que foi querida?

      Eliminar
    4. Escolheres a madrugada de ontem para teres um bónus de 1 hora. Mas na próxima mudança de hora ficas a perder ;O)

      Eliminar
  2. Doze horas? Ou seja

    Cinco horas a olhar esse corpo lindo, enquanto te vou despindo, incluindo as roupas mais intimas
    Três horas passando os lábios nos teus, e as mãos pelo teu corpo
    Duas horas como meus dedos entre teus lábios vaginais
    Meia hora com a língua perscrutando as pregas do teu sentir
    Meia hora a deliciar-me com o ondular do teu corpo e a escutar os gemidos de prazer saídas da tua garganta

    Uma hora levando-te há lua através da virilidade de meu sexo em teu sexo

    Sim, doze horas será o tempo exato

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Será? as in "will be at a certain time ?"
      OMG!
      Beijos amigalhaço

      Eliminar

Odeio as almas estreitas, sem bálsamo e sem veneno, feitas sem nada de bondade e sem nada de maldade. Nietzsche
Debita aqui algum bálsamo.