quinta-feira, fevereiro 14, 2013

Cansada

O cansaço apoderou-se de mim, de uma forma, que nem eu soube como ele entrou e ficou.
Durmo demasiado, tenho a cabeça feita em água, o sol que por aqui se sente, é útil para secar a roupa.
Cansada, Muito, mesmo, cansada ao ponto de não o perceber.
Cansada de qualquer coisa que não seja prática.
Estou noutra dimensão.
Estou farta de não ser compreendida.

Não sou superior, supero-me.

3 comentários:

  1. Querendo, sabes o meu email.
    U know.

    Beijo Pukas

    ResponderEliminar
  2. Estás farta porque insistes em ser compreendida. Muitas vezes não vale a pena ser compreendido.
    As melhoras e bom descanso.
    Beijos

    ResponderEliminar
  3. Os dias nublados de Inverno são uma feitiçaria que ata o corpo (é uma explicação tão boa como outra qualquer).

    ResponderEliminar

Odeio as almas estreitas, sem bálsamo e sem veneno, feitas sem nada de bondade e sem nada de maldade. Nietzsche
Debita aqui algum bálsamo.