quinta-feira, dezembro 15, 2011

Sem comentários



Não sou superior, supero-me.

18 comentários:

  1. Não julga. e, se o faz, julga muito mal.
    É a sociedade que enfarda cheeseburgers à veocidade da luz, que acha os palitos muito sexy.

    Beijo

    ResponderEliminar
  2. A sociedade dos mortos de fome;)

    ResponderEliminar
  3. Por isso nunca liguei para o que diz a sociedade. O que importa é o que está em nós...por mais difícil que seja suportar as diferenças.

    Estás bem?
    Beijoca

    ResponderEliminar
  4. é por isso que se diz que no meio é que está a virtude...


    beijo

    ResponderEliminar
  5. Mas aí falta o meio termo... :P

    Ok, claro, entre uma cheínha e uma esqueleto, mil vezes a cheínha.

    ResponderEliminar
  6. Não conheço ninguém que pense assim ;)

    ResponderEliminar
  7. Aquela imagem da "modelo" é real? Credo! Será que ninguém percebe o conceito de ser "modelo"? Horrível!

    ResponderEliminar
  8. Como é possível isso ser assim?
    Mas por questões de saude não se pode ser 8 nem 80...
    Há sempre um meio termo!

    Beijos

    ResponderEliminar
  9. aliás, gosto delas mais tenrrinhas (:
    com carne. eheheh abraço!

    ResponderEliminar
  10. prefiro a gordinha ao menos não corro o risco de partir a gaja....e sempre tem algo aonde um gajo agarrar , a maioria das modelos sao bonitas , mas de corpo,,,,,

    ResponderEliminar
  11. Pusinko, espero que nem todos sejam assim, Beijo

    Bella: mortos de fome e depois, mortos.

    Pat: Estou bem sim, ainda bem que não ligas à sociedade, eu opto mesmo por isso mas é quase impraticável.. Beijos

    Lost: é isso mesmo, meio termo mas olha que eu acho que a mais cheinha tem umas boas curvas :)

    ResponderEliminar
  12. Fire: temos que ter carne por onde nos agarrar, certo?

    mrPostam: ainda bem para ti mas chega a uma agência de modelos e verás...


    gaja, minha gaja, a imagem é real e deve ser ém Paris ou Milão, não há boazonas como nós :P

    Vulcano: quem não come e continua a não ser aceite, começa a comer desmesuradamente... Beijo

    Otário: pois claro; sempre que há carne, ninguém quer o osso. Beijo

    ResponderEliminar
  13. Mythic, pois ainda a partias toda lol, beijoca

    ResponderEliminar
  14. Nem tanto ao mar nem tanto...
    Eu gosto de mulheres magras, bonitas e ALTAS.
    Mas desculpa lá não existem modelos esqueléticos..Há sim uma grande inveja em relação a essas moças porque para além de muitas delas serem inteligentes tem Dinheiro qb.
    Não gosto de gordas, e nem sei porque haveria de gostar...além disso regra geral ou são pobres ou burras.

    OPIUM99

    ResponderEliminar
  15. OPIUM99

    Parece-me que o burro aqui és tu: então a conta bancária, a beleza interior e a inteligência não contam?
    Eu tenho quilos a mais, não sou rica mas olha, consigo olhar par aum quadro e contar a história toda do pintor.

    ResponderEliminar
  16. Sempre me fascinou a pintura holandesa sec.18 e 19.Posto isto peço desculpa por algum comentário despropositado que tivesse manifestado. Parece que entendeste como um ataque pessoal as minhas afirmações, o que me parece descabido porque efectivamente não sei se tens ou não umas gramas a mais.Cada um tem o que tem e o que a natureza lhe deu...mas acho que fui mal compreendido... e não há problema o BURRO sou eu. Até já me chamaram coisas piores, menos ladrao ou vigarista graças a Zeus.
    Agora essa de beleza interior poupa-me por favor.Hoje em dia só se for invisual e mesmo assim duvido!
    Um resto de bom Domingo e não te esqueças de ver as lições do professor Marcelo..

    OPIUM99

    ResponderEliminar
  17. opium99
    És burro sim, e sim, existe beleza interior, poupa-me!
    Não és bem vindo a este blog,aqui tudo se aceita, e tu não me venhas com merdas de conselhos do Professor Marcelo que eu vejo o que quero.!
    Baza

    ResponderEliminar
  18. Claro que julga Pink, onde foste buscar a ideia de que ser cadáver é bem aceite na sociedade? Ou então eu tenho andado mesmo distraida. A outra tb não precisa daquela gordura toda a afectar-lhe os orgãos vitais.

    :)

    ResponderEliminar

Odeio as almas estreitas, sem bálsamo e sem veneno, feitas sem nada de bondade e sem nada de maldade. Nietzsche
Debita aqui algum bálsamo.