quarta-feira, outubro 13, 2010

Sei

Sei que há gente parva. Pior, que foge e não dá a cara. Covardes! (aqui na blogosfera)
NÃO SOU SUPERIOR, SUPERO-ME!

Sem comentários:

Enviar um comentário

Odeio as almas estreitas, sem bálsamo e sem veneno, feitas sem nada de bondade e sem nada de maldade. Nietzsche
Debita aqui algum bálsamo.