quarta-feira, novembro 30, 2011

Gostar dos outros sem gostarmos de nós

Sempre ouvi as outras pessoas dizerem que temos que gostar de nós primeiro para gostarmos dos outros. Eu, discordo. Não gostanto de nós mas tendo alguém que gosta de nós, pode ajudar-nos a elevar a auto estima e aí sim, alguém gostar de si mesmo.
Como diria a velhinha frase da publicidade :"Se eu não gostar de mim, quem gostará?", eu respondo: "outra pessoa, pode gostar e fazer-te descobrir coisas boas em ti".
O que acham?

Não sou superior, supero-me.

8 comentários:

  1. Está muito bem visto, sim senhor. É engraçado como alguém nos pode ajudar a descobrir aquilo que nós realmente somos, embora eu não acredite que comigo as coisas funcionem dessa maneira. :)

    ResponderEliminar
  2. se alguém descobrir alguma coisa que se aproveite em mim, que diga que eu não encontro nada

    ResponderEliminar
  3. ººº
    Revejo-me no que dizes ...

    ResponderEliminar
  4. Fire, talvez funcione, quem sabe?
    beijo

    ResponderEliminar
  5. Mal educado: que pessimismo!!!

    ResponderEliminar
  6. Jota: ainda bem, nada como encontrar as forças que não temos em outra pessoa que nos passe boas energias

    ResponderEliminar
  7. Sim é verdade... mas é importante que gostes de ti, para te sentires bem e para seres feliz...

    ResponderEliminar
  8. Concordo, subscrevo, professo!

    ResponderEliminar

Odeio as almas estreitas, sem bálsamo e sem veneno, feitas sem nada de bondade e sem nada de maldade. Nietzsche
Debita aqui algum bálsamo.