terça-feira, agosto 28, 2012

Dos gabarolas

Eu despeço as pessoas onde me apetece, no outro dia fui ao livro de reclamações do Aki de Alfragide e pimba, na outra semana a tipa já lá não estava...

POIS É, PODIA ESTAR DE FOLGA OU NOUTRO TURNO

Eu sei onde você trabalha e ainda pensei mas depois, ah não vale a pena.

POIS AMIGUINHO, NUMA MULTINACIONAL É MAIS COMPLICADO.

Eu tenho amigos na judiciária que disseram que iam lá e resolviam logo a questão...Mas depois tive pena...

AH POIS, A JUDICIÁRIA NÃO PODE ACTUAR ASSIM

Eu tenho uma arma e se alguém me tenta assaltar o carro, atiro a matar. É logo...

Que alminhas tão tristes




Não sou superior, supero-me.

2 comentários:

  1. Gostei do teu blog!

    E agradeço por teres publicado parte do meu poema Mude.

    Flores...

    ResponderEliminar
  2. Pessoas que se julgam grandes mas são mais pequenas do um mosquito.
    Pessoas tristes que abundam neste mundo, :(

    ResponderEliminar

Odeio as almas estreitas, sem bálsamo e sem veneno, feitas sem nada de bondade e sem nada de maldade. Nietzsche
Debita aqui algum bálsamo.