segunda-feira, agosto 28, 2017

Para ti que andaste metade da minha vida a crescer comigo

Hoje dormi pouco. nesse pouco sonhei contigo.
Percebi que tenho mais falta de ti do que penso,mentalizo-me de que o tivemos um dia nunca mais acontece e pergunto-me se estou certa. Não foram 2 dias, dois anos , foram 2 décadas de tanta coisa. 
Quero acreditar que ainda te conheço como a palma da minha mão. Quero que acredites que ainda sou aquela que larga tudo e vai onde tu estiveres para te confortar como sempre o fiz.O Pinko sabe tanta história nossa, na verdade todos pensam saber tudo mas só nós sabemos o que era sermos o que éramos.



Sou uma força da natureza, não tentes destruir - me...

Sem comentários:

Enviar um comentário

Odeio as almas estreitas, sem bálsamo e sem veneno, feitas sem nada de bondade e sem nada de maldade. Nietzsche
Debita aqui algum bálsamo.