domingo, fevereiro 19, 2012

O Clero passou-se

Ontem no bloco notíciário das 20h, oa altos membros do Clero português (ou Clérigos) vieram declarar, que a mulher deveria estar sempre muito mais disponível para estar em casa. Ora, nos tempos de crise, com estes "Clérigos" a viveram na maior, é preciso uma grande lata!
Estarão a tentar deitar outra vez a mulher abaixo?
"A primeira profissão da mulher é ser esposa/mãe e dona de casa", ai ai...


Não sou superior, supero-me.

5 comentários:

  1. padres nunca gostei dessa malta do clero.

    ResponderEliminar
  2. Comentar uma afirmação dessas é dar-lhes crédito!!!


    adiante...

    beijo

    ResponderEliminar
  3. sempre achei essa malta assustadora.

    ResponderEliminar
  4. A Todos: é mesmo uma tristeza e assustadora: nos tempos que correm, manter a mulher em casa é falta de sentido de sobrevivência.
    Beijos

    ResponderEliminar

Odeio as almas estreitas, sem bálsamo e sem veneno, feitas sem nada de bondade e sem nada de maldade. Nietzsche
Debita aqui algum bálsamo.