sábado, novembro 19, 2016

Aprende a fazer falta

Fazer falta, faz falta. Devemos aprender a fazer falta. Quanto a mim, é um dever para os outros e para nós enquanto indivíduos. O espaço de cada um é tão sagrado como simples e indispensável.
A necessidade está mesmo à nossa frente, manifesta-se em todo o tipo de relações, em todas as idades. As pessoas precisam da sua individualidade e de um espaço. Curiosamente, os que nos são mais próximos, podem ser os primeiros a considerar esse escape algo "estranho".
Como eu gosto do lado "espaçoso" do meu casamento.



Sou uma força da natureza, não tentes destruir - me...

4 comentários:

  1. Ter-se espaço...para...pensar...em mtas coisas...é algo magnifico...
    Ter-se alguem..que compreenda isso...é de facto algo...ou alguem...muito raro de se encontrar... :))))
    Beijos-te...

    ResponderEliminar
  2. Próprio de gente madura, bem-amada e bem-resolvida...!!!!

    ResponderEliminar
  3. como te percebo: haja espaço!

    ResponderEliminar
  4. Tenho tido sábados de 7 horas seguidas de ensino a miúdos com dúvidas absurdas e quando termino, preciso de estar sozinha, ouvir música, porque quem precisaria de mim, está relaxado e organizado.

    ResponderEliminar

Odeio as almas estreitas, sem bálsamo e sem veneno, feitas sem nada de bondade e sem nada de maldade. Nietzsche
Debita aqui algum bálsamo.