domingo, agosto 03, 2014

A r d e r

Foi o medo ou a esperança que me levou onde estou hoje.
Estamos todos num local, num sítio da vida , certo?
ERRADO
Estarmos a cumprir o sistema, faz de nós ovelhas num rebanho que obedecem a regras de casamentos, empregos, cursos e até medidas físicas...
Não contem comigo para isso. Pensam que sou doida?
Não apenas odeio o sistema.
Que me sufoca de tanto querer gritar
De querer dormir e não conseguir e estar farta de ver o dia nascer com os olhos a arder.
Se eu me deixar ficar, é solução?



Não sou superior, supero-me.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Odeio as almas estreitas, sem bálsamo e sem veneno, feitas sem nada de bondade e sem nada de maldade. Nietzsche
Debita aqui algum bálsamo.