sexta-feira, março 24, 2017

Yes, he can

Sou uma força da natureza, não tentes destruir - me...

Injecto-me


Injecto-me  
Injecto-me com liberdade. 
Esse soro mágico a que poucas mentes têm acesso. 
O de não julgar, o de não ver a sociedade com olhos banais e comuns "Normal"
 Detesto o termo "normal", não existe. Fui injectada com liberdade de pensamentos, não foi preciso tatuar umas asas nas costas mas sim, há uma tatuagem a caminho, há em mim uma raiva contra maus-tratos e um "cagar e deixar andar" que me sabe bem.É até ao dia em que apanhar a overdose de liberdade e gritar que chega ou não gritar e deixar o meu silêncio, o meu rasto, o meu cheiro. Eu mando em mim, eu tenho as minhas atitudes incorrectas e pago bem caro pelas mesmas, mas, lembrem-se eu mando em mim, na minha liberdade de expressão. Outras injecções bem boas: de gargalhas, de amor, de serenidade, de realização pessoal, de cultura, de novas amizades e boas conversas.. 



Sou uma força da natureza, não tentes destruir - me...

Boa sexta...

Sou uma força da natureza, não tentes destruir - me...

quarta-feira, março 22, 2017

Teu respirar meu ar

Era uma noite quente de Agosto... Um local proibido, na mão uma cerveja e uma piscina que, à noite, se tornava ainda mais convidativa mas proibida.
A estrela que mais brilhava era eu, eu, brilhava, eu arfava, eu tinha conseguido estar a sós contigo e lia o teu corpo em cada palavra que dizias.
Querias-me perto, querias-me aconchegada a ti porque só assim faria sentido estarmos os dois naquela espreguiçadeira. A tua beleza, essa fazia o dia cobrir a noite com a luz que irradiavas. Sorrias, rias, davas gargalhadas e numa pausa deste-me um beijo. Ali ficámos, a olhar um para o outro, apenas a respirar e a parar o tempo. O teu corpo era a minha força, a minha falta de ir à cama era o teu ego e o teu sentimento a crescer, veres-me chegar sempre com um lanche para ti, fazia-te ver que comigo estarias sempre bem. Não era o sexo, era carinho, era a companhia, era o fazer por, o teu respirar, dependia do meu ar, o meu peito era a tua almofada quando fechavas os olhos e dizias que querias estar em outro local, éramos dois que fazíamos o que o outro esperava.
Obrigada pelo melhor Verão dos últimos 10 anos.



Sou uma força da natureza, não tentes destruir - me...

Danger



Sou uma força da natureza, não tentes destruir - me...

Think Pink








Sou uma força da natureza, não tentes destruir - me...

Prima, de seu nome Vera

Explica-me porque chove imenso aqui? Ou será, sua bitch, que é uma chuva localizada apenas para o meu cão não apanhar sol?
Se vieste para não fazer nenhum, vai lá brincar a ser bipolar com S. Pedro, esse sabe-a toda.
Beijinhos da tua querida e amada por todos os amigos e todos os idiotas (fazer o quê?)
Pink
(mentira vai à merda!)



Sou uma força da natureza, não tentes destruir - me...

Bumbum

Sou uma força da natureza, não tentes destruir - me...

terça-feira, março 21, 2017

Olhos

Os meus olhos choram, a minhas costela também mas nada temeis, desta vez fui ao médico que mandou , literalmente , f*** o massagista e a conta bancária do meu pai.
8 dias parada!


Sou uma força da natureza, não tentes destruir - me...

Bom dia com ritmo

Sou uma força da natureza, não tentes destruir - me...

segunda-feira, março 20, 2017

Preciso

Preciso minimizar umas coisas.
Vou novamente ao massagista, a costela saiu do sítio. Quiéisto? Quase duas semanas sem treinar? ah, treinei meia hora no Sábado... Preciso tanto de mimos, de abraços, de colo.


Sou uma força da natureza, não tentes destruir - me...

Boa semana

Sou uma força da natureza, não tentes destruir - me...

domingo, março 19, 2017

Pai

QUE TODOS OS MEUS SEGUIDORES QUE SÃO PAIS SEJAM MUITO ACARINHADOS HOJE, É O QUE VOS DESEJO Uma música e um "Sir" que aprendi a gostar com o meu pai
Sou uma força da natureza, não tentes destruir - me...

sábado, março 18, 2017

Mudança

Sempre detestei mudanças no entanto sinto que são essenciais no nosso percurso. Mesmo que a mudança seja para pior, há sempre algo a retirar de um pequeno momento da nossa vida ao qual apelidamos de "mau".
O que eu não suporto é assistir a pessoas caírem vezes sem conta no mesmo erro, correndo riscos desnecessários e certeiros no desatino.
Gente burra, ignorante, agressiva, essa nunca sai do sítio, agora malta bem amada e evoluída?


Sou uma força da natureza, não tentes destruir - me...

Sábado de treino e descanso

Sou uma força da natureza, não tentes destruir - me...

quinta-feira, março 16, 2017

oh yeahh

Sou uma força da natureza, não tentes destruir - me...

Metade tua.

Metade tua e outra do mundo. De outro modo não resultaria; julgarias o mar onde nadas sem te cansares, onde matas a fome de mim e bebes de mim todos os afectos e tesao que te dou.
És único, não pedes, descreves, excitas
Não mandas, crias em mim a vontade de te fazer criar um cenário. E outro e mais outro. O mundo, esse é o meu outro lado, só para mim e para fugir ao banal.
No fim, um abraço.




Sou uma força da natureza, não tentes destruir - me...

Bom dia

Sou uma força da natureza, não tentes destruir - me...

quarta-feira, março 15, 2017

terça-feira, março 14, 2017

Desempenar uma Pink

Tenho umas costelas muito marotas e uma decidiu ir dar uma voltinha e sair do sítio sem pensar que a sua dona podia estar a ter dores e treinos adiados, depois o malandro do tendão, também havia saído do local.
Depois de uns:
"relaxe", Tire-daí a mão que eu não preciso de ajuda" e tensa como tudo, ia por gelo e o "atleta" tinha o gelo descongelado...
Ok, quinta recomeço em grande e espero não me empenar tão cedo...

Conselhos: respirem fundo e não contem até número nenhum, este homem, em Mafra tem um fama , que realmente faz jus ao seu trabalho.






Sou uma força da natureza, não tentes destruir - me...

Entras em mim, como a Natureza entrou na pintura?



Sou uma força da natureza, não tentes destruir - me...

Bom dia

Sou uma força da natureza, não tentes destruir - me...

segunda-feira, março 13, 2017

Dores

As pessoas más podem fazer coisas boas e não recebem medalhas por isso. Sem falsas hipocrisias.
Diz o House. Na verdade tudo significa algo, então eu hoje estou a tentar perceber como, mas mesmo a sério, como me lesionei numa costela e no ombro?
Assim, do nada, sem um grito maricas nos treinos, sem um esticão qualquer mal dado.









Sou uma força da natureza, não tentes destruir - me...

Boa semana

Sou uma força da natureza, não tentes destruir - me...

quarta-feira, março 08, 2017

Nice ass




Sou uma força da natureza, não tentes destruir - me...

Da tua luz

A luz que emanas cega-me da verdade, a luz que vi, mexeu e como... A mancha ao fundo, o buraco fundo dentro de mim...
Rasgos de lembranças, rasgos de sorrisos, rasgas um sorriso na minha face, e rasgas-me?
Sim, é verdade. Um dia ensino-te como é que fazem para os pombos correio voltarem ao local de onde partiram... 

Depois de um amigo me ter ensinado.

(excluindo o ciumenta)
 

Sou uma força da natureza, não tentes destruir - me...

Amar, esperar e voltar a amar

Quando tu chegas, a rotina muda. Os animais despertam, sorrisos e caras de espanto aparecem do fundo daquele escritório. Ninguém descansa enquanto não pousas as coisas e vens até aqui. Depois a nossa rotina, rir faz parte dela, contar os pormenores do dia, as decisões (se as houve), os telefonemas, é bom esta sensação de nada te esconder e assim parece desinteressante aos olhos de muitos mas o que interessa isso? Outros, são isso mesmo, os outros.
Para mim, sinto-me abençoada por isto. O único medo que me tem torturado é a suposta proximidade da morte do meu cão e a coisa que mais garra me dá, bem, tu sabes e mais algumas pessoas também sabem.
Viva eu, tu e quem nos apoia, o resto: que seja feliz também mas longe de nós.



Sou uma força da natureza, não tentes destruir - me...

Sou uma força da natureza, não tentes destruir - me...

terça-feira, março 07, 2017

Do meu cão

O seu sofá era sagrado, nunca o partilhava.
Acho que com a idade, não quer saber: acomoda-se.




Sou uma força da natureza, não tentes destruir - me...

Half

Não me peçam meios termos, não me peçam meias-palavras. deixa-te ficar nos meus braços e verás que só com um braço não ficas satisfeito.
Ficas satisfeito com meia queca?
Meias verdades?
Meio gelado? 




Sou uma força da natureza, não tentes destruir - me...

Bom dia

Sou uma força da natureza, não tentes destruir - me...

segunda-feira, março 06, 2017

Marafada



Fênix – pássaro de fogo de origem greco-romana, mas sua mitologia é datada desde o antigo Egito, sendo conhecidos relatos no oriente, principalmente entre os persas, árabes, indianos, chineses e japoneses. Símbolo durante a era cristã e hoje em dia uma das imagens mais populares em tatuagens.
A sério moça? Não me pareces nada tu!!! 






Sou uma força da natureza, não tentes destruir - me...

Conheço duas assim.



O ódio, a inveja e o desejo de vingança ligam muitas vezes mais dois indivíduos um ao outro do que o podem fazer o amor e a amizade. Pois está em causa a comunidade de interesses interiores ou exteriores e a alegria que se sente nessa comunidade - onde é muitas vezes determinada a essência das relações positivas entre os indivíduos: o amor e a amizade - é sempre relativa e não é em nenhum caso um estado de alma permanente; mas as relações negativas, essas são, a maior parte das vezes, absolutas e constantes. O ódio, a inveja e o desejo de vingança têm, poder-se-ia dizer, o sono mais ligeiro do que o amor. O menor sopro os desperta, enquanto que o amor e a amizade continuam tranquilamente a dormir, mesmo sob o trovão e os relâmpagos.

Arthur Schnitzler, in 'Relações e Solidão'


Sou uma força da natureza, não tentes destruir - me...